Alegados astrólogos enganaram e convenceram várias vítimas a entregar cerca de 500 mil euros através do “esquema do bilhete do Euromilhões premiado” - TVI

Alegados astrólogos enganaram e convenceram várias vítimas a entregar cerca de 500 mil euros através do “esquema do bilhete do Euromilhões premiado”

  • TVI
  • AM com Lusa - notícia atualizada às 13:01
  • 18 abr 2023, 12:29
Euromilhões pode voltar a aumentar

Suspeitos foram detidos pela Polícia Judiciária de Braga, na segunda-feira, quando se preparavam para uma nova burla

A Polícia Judiciária deteve, na segunda-feira, dois suspeitos astrólogos de serem autores de vários crimes de burla qualificada, ocorridos desde o ano de 2018, na zona de Barcelos, através do “esquema do bilhete do Euromilhões premiado”. Os suspeitos foram detidos na segunda-feira, quando se preparavam para uma nova burla.

Em comunicado, a PJ esclarece que os suspeitos, de 32 e 51 anos, enganaram e convenceram várias vítimas a entregarem-lhes várias quantias em dinheiro, num total até ao momento apurado de cerca de 500.000 euros.

Segundo a mesma fonte, a investigação ainda está em curso, visto que "se presume que os suspeitos se dedicavam à prática deste tipo de crimes de forma reiterada".

À Lusa, fonte da PJ revelou que os suspeitos eram dois alegados astrólogos que criavam um “ambiente de misticismo” e escolhiam as vítimas “a dedo”.

“Eram sempre pessoas com posses e psicologicamente mais vulneráveis”, referiu.

Alegavam que tinham um bilhete do Euromilhões premiado e propunham às vítimas que o “comprassem”, em trocas de elevadas quantidades de dinheiro.

“Houve quem lhes entregasse 160 mil euros”, referiu a fonte da PJ.

Os detidos vão ser presentes a tribunal para aplicação de medidas de coação.

 

Continue a ler esta notícia