«FC Porto? Ainda temos um grupo do WhatsApp no qual mantemos contacto» - TVI

«FC Porto? Ainda temos um grupo do WhatsApp no qual mantemos contacto»

Danilo Pereira (AP Photo/Luis Vieira)

Em declarações ao podcast «1 para 1», Danilo recordou o passado nos dragões e no Benfica e falou sobre as aspirações de Portugal no Euro 2024

Relacionados

Danilo Pereira deixou o FC Porto no verão de 2020, para mudar-se para o Paris Saint-Germain, mas continua a ter uma ligação especial ao emblema azul e branco.

Em entrevista ao podcast «1 para 1», o internacional português recordou que há vários jogadores do passado do clube que ainda mantêm uma comunicação regular.

«O FC Porto foi uma fase da minha carreira que é muito importante para mim, não só porque é um clube que guardo no meu coração. Os meus filhos nasceram no Porto. Continuo em contacto com as pessoas que trabalham no clube e com os meus antigos colegas de equipa», começou por dizer.

«Temos ainda um grupo do WhatsApp em que continuamos a manter contacto. Recordamos sempre aquilo que foi a nossa passagem no FC Porto», prosseguiu.

O médio de 32 anos analisou ainda o que tem sido a época dos dragões: «O FC Porto é uma equipa que vai sempre lutar pelo título. Este ano, comparado aos anteriores, não entrou tão bem a nível exibicional. Mas eu acho que é um clube que sabe sempre ganhar, mesmo que as exibições não sejam assim tão fortes.»

Com passagem pelo Benfica no futebol de formação, Danilo confessou que foi nos encarnados que passou um dos momentos mais difíceis da carreira, o qual o ajudou a chegar ao patamar de futebolista profissional: «Acho que estava nos juniores [do Benfica] e que as coisas não corriam tão bem. Não jogava muito, o treinador também não apostava muito em mim. Foi algo de dentro que disse ‘não está a correr bem, mas eu vou conseguir. Vou ser jogador de futebol, são só fases e isto muda rápido. Se eu acreditar muito, se eu trabalhar para isso, vou conseguir’. Em nenhum momento pensei em desistir ou em abandonar.»

Sobre o Euro 2024 do próximo ano, Danilo assume que a Seleção Nacional é uma das favoritas à vitória final.

«Dizer que é a favorita é muito complicado, porque na Europa há várias seleções que são favoritas e que também têm a ambição de ganhar o Europeu. Nós somos uma delas. Temos uma geração de jogadores muito talentosos», referiu, ele que também elogiou Roberto Martínez: «A forma como ele introduz as suas ideias, a forma como ele trabalha também dentro de campo. É uma pessoa muito exigente. A forma como ele explica e tenta transmitir as suas ideias, não só ao grupo, mas individualmente, para que toda a gente saiba o seu ponto forte e o que pode dar à equipa.»

«O António Silva é um miúdo que sabe estar num ambiente de alto nível, sente-se à vontade e isso ajuda-o bastante, não tem medo. É um miúdo que tenta sempre dar o seu máximo e aprender com os outros. Agora já está mais integrado. Mas, desde o primeiro estágio em que eu o vi, parecia que ele já estava lá há muito tempo», concluiu, sobre o jovem defesa do Benfica.

Continue a ler esta notícia

Relacionados

EM DESTAQUE