«David Carmo não teve regularidade de Marcano e Pepe, mas é importante» - TVI

«David Carmo não teve regularidade de Marcano e Pepe, mas é importante»

Treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, diz que tudo tem a ver com a chegada do «momento» para cada jogador e fala ainda de Iván Jaime

Relacionados

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, garantiu esta quinta-feira que o central David Carmo é «importante» para a equipa e que a recente utilização nos últimos três jogos não tem a ver com o facto de ter visto algo de diferente para dar-lhe oportunidade, mas sim com o «momento» para cada jogador.

«Tem a ver como com todos os outros jogadores: chegar o momento dele. O David já foi titular em alguns jogos, não teve a regularidade do Marcano e do Pepe, mas faz parte do grupo e é um jogador importante hoje e quando chegou. Depois, se é tema ou não, depende quem olha para o FC Porto e de quem vê as situações, ou levanta situações se calhar não tão positivas ou de jogadores que não jogam, ou pelo valor que custou, por isto ou aquilo. Mas isso, não posso controlar. Preocupo-me com o que é verdadeiramente importante, que é ganhar jogos», referiu Conceição, em conferência de imprensa de antevisão ao clássico com o Benfica, da 7.ª jornada da I Liga.

Em 2023/24, David Carmo só foi utilizado pela primeira vez à 5.ª jornada, na visita ao Estrela, quando Sérgio Conceição apostou de início em três centrais. Ante o Shakhtar, e fruto da lesão de Marcano, foi aposta ao lado de Pepe e manteve a titularidade com o Gil Vicente no passado sábado, desta feita com Fábio Cardoso ao lado, dadas as ausências de Marcano e Pepe.

Na época passada, a primeira no FC Porto, David Carmo foi utilizado em 15 jogos da equipa principal, cinco deles a titular na Liga dos Campeões, além de nove jogos na I Liga (sete deles a titular) e um a titular na Taça de Portugal. Fez, ainda, três jogos na II Liga.

Conceição falou ainda de outro jogador de forma individual com recente protagonismo, o espanhol Iván Jaime, e o papel que o ex-Famalicão pode desempenhar no campo.

«Faz parte da estratégia para o jogo, o que o jogo pede é o que vou vendo e lendo e as modificações durante o jogo, na equipa inicial ou na preparação, é sempre com o objetivo da vitória. O Iván Jaime mais baixo, mais alto, na esquerda ou a partir do banco, é sempre um jogador importante, por isso é que fomos buscá-lo, como há os outros Jaimes todos da equipa. Tem é de correr», avisou.

O Benfica-FC Porto está agendado para as 20h15 de sexta-feira, tem arbitragem de João Pinheiro e pode ser seguido, ao minuto, no Maisfutebol.

Continue a ler esta notícia

Relacionados