FC Porto: lista de Pinto da Costa quer reduzir custos e duplicar receita - TVI

FC Porto: lista de Pinto da Costa quer reduzir custos e duplicar receita

Pinto da Costa (foto: JOSÉ COELHO/LUSA)

«Todos pelo Porto» deu a conhecer as bases da sustentabilidade e crescimento do seu programa. Refinanciamento do passivo para reforçar a competitividade da equipa são outros dos objetivos

Relacionados

A lista «Todos pelo Porto», a candidatura de Jorge Nuno Pinto da Costa, deu esta esta quinta-feira a conhecer as bases da sustentabilidade e crescimento do seu programa, «uma área central». Estas três propostas têm por objetivo duplicar a receita do FC Porto, redução de 20 por cento de custos, refinanciamento do passivo e consequentemente, o reforço da competitividade da equipa de futebol.

As eleições do FC Porto estão agendadas para o dia 27 de abril. Além de Pinto da Costa, André Villas-Boas e Nuno Lobo são os candidatos à presidência dos dragões.

As propostas foram as seguintes:

- Duplicar a receita do Clube em três anos, com um aumento anual de 25 por cento dos proveitos através da aposta na internacionalização da marca FC Porto, nomeadamente em novos mercados, da renegociação de direitos TV, da melhor monetização do estádio, casas, comunidades, academia, banca digital, merchandising, e ampliação, muito significativa, do número de associados e das receitas de e-commerce.

- Redução de 20 por cento de custos totais desde o primeiro ano, através da reestruturação das empresas do Grupo e reforço na evolução da maturidade digital. Durante o próximo mandato não haverá lugar ao pagamento de prémios de gestão e será criada uma política de custos de representação e de funcionamento que garanta eficácia, sustentabilidade, rigor e transparência absolutos.

- Refinanciamento do passivo, através de um instrumento financeiro de dívida de 250 milhões de euros que permitirá, simultaneamente, reduzir o serviço de dívida e reforçar a competitividade da equipa de futebol.

 

Continue a ler esta notícia

Relacionados