Conceição: «É o ano mais difícil por tudo aquilo que o clube vive» - TVI

Conceição: «É o ano mais difícil por tudo aquilo que o clube vive»

Técnico falou sobre crise de resultados no FC Porto

Relacionados

Campeonato perdido e Liga dos Campeões da próxima época praticamente hipotecada. A 13 pontos de distância do líder Sporting (que ainda tem menos um jogo) e a nove do Benfica, segundo classificado, o FC Porto está neste momento a fazer a pior campanha nos sete anos que Sérgio Conceição leva à frente do clube.

«Talvez seja o ano mais difícil, por tudo aquilo que o clube vive neste momento», reconhece o técnico na antevisão da receção ao Famalicão, a contar para a 29.ª jornada da Liga.

Embora de forma não explícita, Conceição refere-se a uma campanha eleitoral em que prometeu tomar partido e que tem eleições marcadas para o próximo dia 27 de abril. 

«O principal perigo vem do ambiente que podemos ou não criar de acordo com a nossa prestação e por vezes das incidências do próprio jogo. Não temos tido muita sorte com algumas situações dos jogos. Estou a recordar-me de uma ou outra infelicidade da terceira equipa», afirmou Conceição, recordando a recente derrota frente ao Vitória.

«Fui ver o jogo. Sofremos 23 faltas. Houve poucos cartões, foi muitas vezes interrompido. Somos a equipa com menos tempo útil de jogo. Nós queremos ganhar os jogos, temos 60 ou 70 por cento de posse de bola nas provas internas, queremos manter o ritmo de jogo alto, mas é difícil. Também houve falta de capacidade e de mérito nosso para dar a volta a isso.» 

O FC Porto defronta o Famalicão este sábado, a partir das 18 horas. Poderá acompanhar o jogo AO MINUTO no Maisfutebol.

Continue a ler esta notícia

Relacionados