Conceição: «Quero dedicar esta vitória à minha mãe, faz hoje 30 anos que partiu» - TVI

Conceição: «Quero dedicar esta vitória à minha mãe, faz hoje 30 anos que partiu»

FC Porto-Arsenal (JOSE COELHO/LUSA)

FC Porto-Arsenal, 1-0 (reportagem)

Relacionados

Declarações de Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, na sala de imprensa do Estádio do Dragão, após vencer o Arsenal na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões:

«Antes de tudo, quero dedicar esta vitória à mulher da minha vida: à minha mãe. Faz hoje 30 anos que partiu. Ela teve uma vida difícil. É para ela que vai esta vitória. Peço desculpa por começar assim.»

«Estou satisfeito pelo que foi o trabalho dos nossos jogadores. Interpretaram na perfeição o plano de jogo diante de uma equipa que ofensivamente tem jogadores acima da média. Aliás, defensivamente também são jogadores de grandíssimo nível. Houve muita solidez da nossa parte. Não permitimos ao Arsenal rematar perto da nossa baliza. Vimos os 10 golos que fizeram num canto fechado, metendo um dois ou três homens em cima do guarda-redes, o que na minha opinião é falta. Foi por aí que criaram mais perigo. O Havertz e o Odegaard caíam no espaço entrelinhas mas nós não permitimos muito isso. Eles tentavam explorar a rapidez do Martinelli e do Saka, mas fomos muito competentes. Eles são muito fortes nos diferentes momentos do jogo. E nós tivemos de ser uma equipa intensa.»

Continue a ler esta notícia

Relacionados