Criança resgatada nas Filipinas quase 60 horas após deslizamento de terras - TVI

Criança resgatada nas Filipinas quase 60 horas após deslizamento de terras

  • Agência Lusa
  • AM
  • 9 fev, 06:37
Resgate nas Filipinas (EPA)

Deslizamento de terras, provocado por fortes chuvas, ocorreu na terça-feira à noite

Relacionados

Uma criança foi resgatada esta sexta-feira, quase 60 horas depois de um deslizamento de terras ter matado pelo menos 11 pessoas numa área mineira no sul das Filipinas, deixando mais de uma centena de pessoas desaparecidas.

A menina foi encontrada por socorristas que escavavam com as mãos e pás em busca de sobreviventes na aldeia de Masara, no sul da ilha de Mindanau, disse à agência de notícias France-Presse (AFP) o diretor da agência de gestão de catástrofes da província de Davau de Oro, Edward Macapili.

"Dá esperança às equipas de salvamento. A capacidade de resistência de uma criança é geralmente inferior à dos adultos e, no entanto, a criança sobreviveu", notou Macapili.

O deslizamento de terras, provocado por fortes chuvas, ocorreu na terça-feira à noite, destruindo casas e deixando soterrados três autocarros e um veículo que ia buscar trabalhadores a uma mina de ouro.

As equipas de salvamento continuam a trabalhar esta sexta-feira, uma dia de chuva, para encontrar outros possíveis sobreviventes na lama.

Os deslizamentos de terras são comuns em grande parte do arquipélago do Sudeste Asiático, devido ao terreno montanhoso, às fortes chuvas e à desflorestação causada por exploração mineira, agricultura de corte e queima e abate ilegal de árvores.

As fortes chuvas registadas nas últimas semanas em algumas zonas de Mindanau, a segunda maior ilha das Filipinas, provocaram dezenas de deslizamentos de terras e inundações, obrigando milhares de pessoas a refugiarem-se em abrigos de emergência.

Continue a ler esta notícia

Relacionados