Ativistas pelo clima que ocupam a aldeia de Lützerath foram confrontados pela polícia, que quer retirá-los do local para que a localidade possa ser destruída.  A aldeia foi evacuada para a expansão de uma mina de lenhite, carvão fóssil, mas os ambientalistas não concordam com o acordo entre uma multinacional alemã e o Estado da Renânia do Norte-Vestfália.