Prémio Champalimaud de Visão 2023 distingue hospital de Jerusalém pelo combate à cegueira na Palestina - TVI

Prémio Champalimaud de Visão 2023 distingue hospital de Jerusalém pelo combate à cegueira na Palestina

  • CNN Portugal
  • JM
  • 6 set 2023, 18:05

St. John of Jerusalem Eye Hospital Group, destacado por curar a cegueira em zonas sensíveis da Palestina, é reconhecido pela Fundação Champalimaud.

No ano passado, o St. John of Jerusalem Eye Hospital Group tratou 143 mil pacientes e realizou 6.900 cirurgias oftalmológicas, proporcionando a cura para a maioria desses pacientes.

O maior prémio do mundo na área da visão, o Prémio António Champalimaud de Visão 2023, no valor de um milhão de euros, foi atribuído ao St. John of Jerusalem Eye Hospital Group (SJEHG) pelo seu compromisso incansável em fornecer cuidados oftalmológicos essenciais na Palestina, uma região marcada pelo conflito, anunciou esta quarta-feira a Fundação.

O prémio, segundo a Fundação Champalimaud, reconhece o notável trabalho do SJEHG na luta contra a cegueira e no acesso aos cuidados de saúde oftalmológicos numa região vulnerável. O hospital tem se destacado por prestar cuidados de saúde oftalmológicos independentemente de etnia, religião, classe social ou capacidade económica, segundo o mesmo comunicado. 

Ao longo dos seus 140 anos de história nos territórios palestinos, o SJEHG tem desempenhado um papel crucial na prestação de tratamento oftalmológico a milhões de pessoas na Cisjordânia, Faixa de Gaza e Jerusalém Ocidental. Em 2022, o hospital tratou 143 mil pacientes e realizou 6.900 cirurgias oftalmológicas, proporcionando a cura para a maioria desses pacientes.

Um estudo epidemiológico realizado pelo SJEHG revelou que a taxa de cegueira na Palestina é dez vezes maior do que no Ocidente o que se fica a dever a uma série de fatores, incluindo problemas de mobilidade, altas taxas de desemprego e pobreza, bem como a prevalência de doenças oculares genéticas. 

Além de fornecer cuidados médicos, o SJEHG também tem desempenhado um papel fundamental na formação de equipas de médicos e enfermeiros palestinos especializados em oftalmologia. O grupo é composto por seis hospitais e 277 profissionais de saúde, espalhados por vários territórios palestinos (Anabta, Kafr 'Aqab, Muristan, Jerusalem, Hebron e Gaza).

O Prémio António Champalimaud de Visão é uma iniciativa global que conta com o apoio da "Visão 2020 – O Direito à Visão", colaborando com a Organização Mundial da Saúde e a Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira. Este prémio anual reconhece as contribuições para a pesquisa genérica na área da visão e os esforços para aliviar os problemas de visão, principalmente em países em desenvolvimento.

Continue a ler esta notícia