The Killers pedem desculpa mas dizem que foram mal interpretados em caso que envolve fã russo chamado ao palco - TVI

The Killers pedem desculpa mas dizem que foram mal interpretados em caso que envolve fã russo chamado ao palco

  • CNN Portugal
  • CNC
  • 16 ago 2023, 13:48
The Killers atuam em Louisville Waterfront Park, em 2019 (Photo by Taylor Hill/Getty Images)

Aconteceu na cidade de Batumi, na Geórgia - país que a Rússia invadiu em 2008. Banda diz que pretendia demonstrar que a música une o que o resto separa

Relacionados

Os Killers chamaram ao palco um fã russo para tocar bateria e Brandon Flowers, o vocalista principal da banda, pediu à plateia para pensarem nesse fã como um “irmão”, o que levou o público a vaiar os músicos e até a alguns membros da audiência a abandonar o concerto. A banda já emitiu um comunicado a pedir desculpas pelo sucedido, mas sublinha que as palavras do vocalista foram "mal interpretadas".

Foi perto do final do concerto que a banda convidou um fã para tocar bateria durante a canção “For Reasons Unknown”, o que não é raro em concertos dos Killers, que costumam chamar pessoas da plateia para tocarem durante os concertos.

"Não conhecemos a etiqueta desta terra, mas este tipo é russo", disse Brandon Flowers à plateia e, apesar de se terem ouvido alguns aplausos, também houve fãs que vaiaram o artista. 

"Não se importam que um russo venha cá acima?”, perguntou.

Após o final da canção, Flowers voltou a comunicar com a multidão, que continuou a vaiar a banda: “Não conseguem reconhecer se alguém é vosso irmão? Ele não é vosso irmão?", perguntou o vocalista, citado pelo Guardian. "Separamo-nos todos nas fronteiras dos nossos países? Não sou vosso irmão, sendo eu americano?"

O vocalista disse ainda, citado pelo Independent, que a música da banda tinha a capacidade de “unir as pessoas" e que ”esta noite quero que festejemos o facto de estarmos aqui juntos e não quero que isto se torne feio - eu vejo-vos como meus irmãos e minhas irmãs.”

Após o concerto, os Killers publicaram um comunicado nas redes sociais a pedir desculpa pelos comentários do vocalista mas afirmam que, a partir do palco, parecia que a reação inicial do público indicava que não haveria problema com a participação na canção do fã russo e sublinham que os comentários de Flowers foram “mal interpretados."

A Geórgia, que declarou a sua independência em 1991, viu, após o começo da guerra com a Ucrânia, um aumento dos emigrantes provenientes da Rússia. No entanto, devido à invasão russa do território georgiano em 2008, parte da população apoia a Ucrânia na guerra.

Continue a ler esta notícia

Relacionados