Grávida sentiu-se mal, foi ao Hospital de Guimarães. Fez exames, enviaram-na para casa. No dia a seguir morreu (e o bebé também) a caminho do mesmo hospital - TVI

Grávida sentiu-se mal, foi ao Hospital de Guimarães. Fez exames, enviaram-na para casa. No dia a seguir morreu (e o bebé também) a caminho do mesmo hospital

  • CNN Portugal
  • BC
  • 30 ago 2023, 13:47
Ambiente hospitalar em tempos de pandemia

Hospital revela que aguarda resultados da autópsia

Uma mulher de 26 anos, grávida de 35 semanas, morreu segunda-feira a caminho do Hospital de Guimarães, confirmou a CNN Portugal.

Fonte hospitalar revelou que a jovem tinha estado no hospital no dia anterior, onde deu entrada pelo próprio pé, dizendo que não se sentia bem. Foi acompanhada e realizou vários exames, que "não detetaram" qualquer problema de saúde. Regressou a casa.

Na segunda-feira, os bombeiros foram chamados para a transportar ao hospital, tendo a mulher chegado já sem vida à unidade hospitalar, bem como o bebé em gestação.

"O Hospital da Senhora da Oliveira de Guimarães solidariza-se com a família neste momento difícil e lamenta a sua perda. Nesta altura o que podemos adiantar é que todo o protocolo clínico foi conduzido, desde o primeiro momento, conforme os procedimentos exigidos nestas situações. Tratava-se de uma utente com comorbilidades, tendo chegado a este hospital já sem vida. Como é protocolado nestas circunstâncias aguardamos o resultado da autópsia", lê-se numa nota oficial do Hospital de Guimarães enviada à imprensa.

Continue a ler esta notícia