Pedro Nuno Santos ouvido a 15 de junho e Fernando Medina a 16 na comissão de inquérito à TAP - TVI

Pedro Nuno Santos ouvido a 15 de junho e Fernando Medina a 16 na comissão de inquérito à TAP

Pedro Nuno Santos e Fernando Medina (António Cotrim/Lusa)

Comissão de inquérito encerra trabalhos a 16 de junho

Relacionados

O presidente da comissão parlamentar de inquérito à TAP, Lacerda Sales, revelou esta terça-feira as datas para as audições de Fernando Medina, Pedro Nuno Santos e Hugo Santos Mendes. 

O ex-ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, será ouvido a 15 de junho às 16:00. Para o dia anterior, 14 de junho, está agendada a audição de Hugo Santos Mendes, antigo secretário de Estado das Infraestruturas. E, no último dia dos trabalhos da comissão, será ouvido Fernando Medina, o atual ministro das Finanças.

Para os próximos dias, estão agendadas as audições do ex-adjunto do ministro das Infraestruturas, Frederico Pinheiro, a 17 de maio, e do ministro João Galamba, a 18. 

Depois da audição do antigo adjunto de Galamba, marcada para as 14:00 de quarta-feira, será também ouvida a chefe de gabinete do ministro das Infraestruturas, Eugénia Correia Cabaço.

Os grupos parlamentares consensualizaram ainda que o prazo previsto para discussão e votação do relatório final da comissão será em 13 de julho, calendário que obrigará a uma prorrogação do prazo dos trabalhos.

O caso que envolve Frederico Pinheiro e Galamba remonta a 26 de abril e envolveu denúncias contra o ex-adjunto Frederico Pinheiro por violência física no Ministério das Infraestruturas e furto de um computador portátil, já depois de ter sido demitido. A polémica aumentou quando foi noticiada a intervenção do Serviço de Informações de Segurança (SIS) na recuperação desse computador.

 

Continue a ler esta notícia

Relacionados