Circuito de golfe da Arábia Saudita sela o contrato mais bem pago da história do desporto - TVI

Circuito de golfe da Arábia Saudita sela o contrato mais bem pago da história do desporto

Jon Rahm (Rob Carr/Getty Images)

O vínculo de Jon Rahm poderá aproximar-se dos 600 milhões de euros por ano

Relacionados

O golfista espanhol Jon Rahm, de 29 anos, e profissional desde 2016, aceitou rumar à LIV Golf, circuito profissional inaugurado em 2022 na Arábia Saudita. Em causa está um contrato milionário, que continua por oficializar, mas que deverá superar os 520 milhões de euros. Tal valor, explica a Marca, equivale à soma das verbas distribuídas pelo PGA Tour em 2023.

O atleta basco é um dos nomes proeminentes da modalidade, uma vez que, em 151 torneios disputados, venceu 11, oito dos quais no plano internacional. Além disso, em sete anos, acumulou 20 pódios e terminou 47 vezes no top-5.

No último ano, venceu quatro torneios no circuito norte-americano (PGA Tour), num dos melhores anos da ainda curta carreira como profissional. Além disso, o espanhol é representante assíduo da seleção na Ryder Cup.

Foi este crescimento que motivou a abordagem dos responsáveis pela LIV Golf, ao ponto de preparar o contrato individual mais bem pago da história do desporto. O vínculo de Rahm poderá superar os mais de 600 milhões de euros acumulados por Lionel Messi no Barcelona, uma vez que, além dos 520 milhões imediatos, o atleta poderá ainda adicionar quatro milhões a cada torneio ganho no circuito.

A LIV Golf, financiada pelo Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita (PIF, na sigla em inglês), conta com 13 torneios. A nova temporada arranca em fevereiro, no México, e visita países como Estados Unidos, Espanha ou Reino Unido.

Assim, Rahm deixa os principais torneios da modalidade – o PGA Tour e o DP World Tour – para promover um novo projeto, no país que pretende ser a capital do desporto mundial. Aliás, o PIF também ambiciona ser sócio maioritário do circuito norte-americano (PGA Tour).

Jon Rahm junta-se a outras 12 estrelas do universo do golfe, com currículo dourado nos principais circuitos, num total de 49 jogadores na LIV Golf.

Em todo o caso, há quem continue a resistir aos milhões árabes, uma vez que cinco atletas que já lideraram o ranking mundial recusaram, este ano, a proposta da LIV Golf. 

Continue a ler esta notícia

Relacionados