Prisão preventiva para suspeito detido por abuso sexual de criança em Gondomar - TVI

Prisão preventiva para suspeito detido por abuso sexual de criança em Gondomar

  • Agência Lusa
  • BC
  • 17 mai 2023, 14:41
Estabelecimento prisional (Lusa/Tiago Petinga)

Abusos terão sido praticados "num contexto de proximidade familiar". Vítima tem sete anos

Relacionados

Um homem detido por alegada prática reiterada de abuso sexual de uma criança de sete anos, em Gondomar, no distrito do Porto, entre setembro e dezembro de 2022, ficou em prisão preventiva, anunciou esta quarta-feira a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado de imprensa, a PJ refere que o homem, de 37 anos, foi detido “pela presumível autoria de vários crimes de abuso sexual de criança agravados”.

Os alegados abusos terão sido praticados “num contexto de proximidade familiar, na casa de morada da família”, “entre setembro e dezembro do ano passado, em Gondomar”.

Segundo a PJ, foram desenvolvidas diligências que “permitiram recolher indícios da prática dos referidos crimes e respetiva autoria, culminando com a detenção do suspeito”.

O detido, sem antecedentes criminais, foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo-lhe sido aplicada a “medida de coação de prisão preventiva”, conclui a PJ.

Continue a ler esta notícia

Relacionados

EM DESTAQUE