Reino Unido admite reconhecer o Estado da Palestina mesmo antes de qualquer acordo para a solução de dois Estados - TVI

Reino Unido admite reconhecer o Estado da Palestina mesmo antes de qualquer acordo para a solução de dois Estados

  • CNN Portugal
  • NM
  • 2 fev, 13:32
David Cameron visita Egito. (Mohamed Hossam/Lusa)

"Precisamos de dar ao povo palestiniano um horizonte para um futuro melhor"

Relacionados

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, David Cameron, diz que que o Reino Unido pode reconhecer oficialmente o Estado da Palestina antes de existir qualquer acordo entre Israel e a Palestina para a solução de dois Estados, noticia o jornal Politico.

Estas declarações de Cameron são uma mudança no posicionamento do governo britânico, mas o ministro deixou a garantia de que tal não vai acontecer enquanto o Hamas estiver no enclave palestiniano.

“Pode ser algo que viremos a considerar à medida que o processo avança e uma solução se torna mais real. Precisamos de dar ao povo palestiniano um horizonte para um futuro melhor, o futuro de ter um Estado próprio e absolutamente vital para a paz e segurança a longo prazo na região”, explica Cameron.

O ministro britânico justifica a nova posição com o facto de não haver quaisquer perspetivas de acordo nas conversações entre Gaza e Telavive, perante a postura irredutível do primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu e os ataques continuados no enclave.

O Reino Unido está entre o rol de países que defendem que a solução de dois Estados é a única hipótese viável para uma paz a longo prazo no Médio Oriente, ideia a que se opõe o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu.

Continue a ler esta notícia

Relacionados