Ucrânia reivindica autoria de explosões na Crimeia - TVI

Ucrânia reivindica autoria de explosões na Crimeia

  • CNN Portugal
  • PF; artigo atualizado às 14:42
  • 20 set 2023, 14:31
Ponte Kerch (AP Photo)

"Podemos confirmar que se trata de ações das forças de segurança e defesa ucranianas contra alvos militares dos ocupantes", disse um porta-voz dos Serviços Secretos do Ministério da Defesa da Ucrânia

Relacionados

Uma série de explosões registadas na Crimeia foram obra das forças ucranianas, confirmaram os Serviços Secretos do Ministério da Defesa da Ucrânia.

"Podemos confirmar que se tratam de ações das forças de segurança e defesa ucranianas contra alvos militares dos ocupantes. O trabalho planeado das forças de segurança e defesa ucranianas continua, é claro, nas instalações militares dos ocupantes, invasores nos territórios temporariamente ocupados, incluindo a Crimeia ucraniana. Muito em breve os pormenores serão tornados públicos pelas Forças Armadas e pelo Estado-Maior", disse o porta-voz da agência, Andrii Yusov à televisão ucraniana.

Segundo Yusov o "objetivo final é, evidentemente, a desocupação da Crimeia ucraniana".

"Nesta fase, as posições do inimigo devem ser enfraquecidas. A Crimeia ainda está a ser utilizada como centro logístico para, entre outras coisas, a transferência de forças e meios inimigos para outras partes da frente. Para destruir este centro logístico, estão a ser utilizadas e implementadas determinadas operações: no mar, em terra e no ar".

Como consequência das explosões, o tráfego na ponte da Crimeia foi suspenso cerca das 13:00 locais.

"O tráfego na ponte da Crimeia está temporariamente suspenso. Pede-se às pessoas que se encontram na ponte e na zona de inspeção que mantenham a calma e sigam as instruções dos agentes de segurança dos transportes", anunciou o Centro de Informação Rodoviária local no Telegram.

Ao mesmo tempo que o tráfego era cortado, foi vista uma cortina de fumo na zona de Sebastopol, do outro lado da península da Crimeia. As cortinas de fumo são frequentemente utilizadas pelas autoridades russas na Crimeia, numa tentativa de impedir tentativas de ataques com drones.

"Como resultado do trabalho dos meios de defesa aérea, de acordo com dados preliminares, os veículos aéreos não tripulados abatidos caíram em Verkhnesadovoye e em Kacha (ambos perto da cidade). Não houve vítimas", afirmou o governador de Sebastopol, Mikhail Razvozhaev, acrescentando que estavam a ser utilizados "meios de dissimulação de aerossóis".

Continue a ler esta notícia

Relacionados