Zelensky propõe demissão do ministro da Defesa Oleksii Reznikov - TVI

Zelensky propõe demissão do ministro da Defesa Oleksii Reznikov

  • CNN Portugal
  • 3 set 2023, 20:49
O advogado ucraniano Oleksii Reznikov (AP)

Decisão vai ser confirmada pelo parlamento ucraniano na próxima semana. Sucessor deverá ser o deputado Rustem Umerov

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky propôs este domingo a demissão do ministro da Defesa da Ucrânia, Oleksii Reznikov, que deverá ser substituído no cargo por Rustem Umerov, líder do maior fundo de privatizações do país.

"Esta semana, o parlamento será solicitado a adotar uma decisão pessoal. Quero descrevê-lo agora. Decidi substituir o ministro da Defesa da Ucrânia. Oleksii Reznikov passou por mais de 550 dias de guerra em grande escala. Acredito que o Ministério necessita de novas abordagens e outros formatos de interação, tanto com os militares como com a sociedade em geral. O Ministério é agora chefiado por Rustem Umerov. O parlamento da Ucrânia conhece bem esta pessoa e Umerov não precisa de apresentações adicionais. Espero que o parlamento apoie esta candidatura", escreveu Zelensky no Telegram.

Reznikov estava desde o início do ano pressionado por um escândalo de corrupção que envolve o seu ministério, que terá comprado comida para as rações das Forças Armadas da Ucrânia a um preço duas ou três vezes superior ao da venda dos supermercados do país. Já no verão, uma nova polémica com falsas dispensas médicas do serviço militar abalou ainda mais a reputação do Ministério da Defesa da Ucrânia.

O homem proposto por Zelensky, Rustem Umerov, foi eleito para o parlamento ucraniano em 2019 pelo partido Holos, de centro-direita. Nascido no Uzbequistão e de origem tártara, Umerov participou nas primeiras negociações de paz entre Ucrânia e Rússia, que decorreram na Bielorrússia quatro dias após o início da invasão.

Continue a ler esta notícia