Cerca de 400 operacionais participam nas ações de rescaldo do incêndio em Nelas - TVI

Cerca de 400 operacionais participam nas ações de rescaldo do incêndio em Nelas

  • Agência Lusa
  • CNC
  • 24 ago 2023, 10:13
Três grandes incêndios, mais de 800 hectares ardidos e seis feridos

Fogo foi dado como dominado durante a madrugada

Relacionados

O incêndio em Senhorim, concelho de Nelas, está “em consolidação e rescaldo”, com cerca de 400 operacionais no terreno, indicou o comandante do Comando Sub-regional Viseu Dão Lafões, esta quinta-feira.

“Foi possível concretizar a estratégia que estava delineada e o incêndio foi dado como dominado durante a madrugada. Neste momento, as equipas continuam a trabalhar e já contamos com reforço dos meios aéreos”, disse Miguel Ângelo David à agência Lusa.

Segundo o Comando Sub-regional Viseu Dão Lafões, pelas 09:15, no terreno estava 388 operacionais apoiados por 93 veículos e três meios aéreos.

O comandante acrescentou que estão também “cinco máquinas de arrasto no âmbito da consolidação e rescaldo de alguns pontos quentes e é esse o trabalho que será mantido ao longo do dia desta quinta-feira”.

O presidente da Câmara Municipal de Nelas, Joaquim Almeida, adiantou à agência Lusa que as 16 pessoas que pernoitaram no centro de acolhimento montado no centro da vila, devido ao fumo junto às suas casas, “já regressaram às suas casas e vidas normais, inclusive ao trabalho”.

A Estrada Nacional 231 (EN 231), de Nelas a Seia (distrito da Guarda), foi reaberta ao trânsito durante a madrugada, informou à agência Lusa a GNR, depois de ter sido cortada, após o início do incêndio, para “operacionalidade dos veículos de combate”.

O incêndio, que começou na quarta-feira, pelas 12:24, em Senhorim, freguesia de Canas de Senhorim, Nelas, distrito de Viseu, levou a que fossem assistidas seis pessoas, dois civis e quatro bombeiros, devido, essencialmente, ao calor e fumo.

Continue a ler esta notícia

Relacionados