A taxa de inflação homóloga da zona euro recuou para os 9,2%, em dezembro de 2022, confirmou esta quarta-feira o Eurostat, que divulga uma desaceleração do indicador na União Europeia (UE) para os 10,4%.

De acordo com os dados do serviço estatístico da UE, na zona euro, a taxa de inflação homóloga de 9,2% compara-se com a de 10,1% de novembro e a de 5,0% de dezembro de 2021, o segundo recuo consecutivo após 17 meses de aumentos sucessivos.

No conjunto dos 27 Estados-membros, a taxa de inflação também voltou a recuar em dezembro de 2022, para os 10,4%, face aos 11,1% de novembro, mas ainda muito acima da de 5,3% registada no último mês de 2021.

O recuo da inflação na componente da energia – que caiu para os 25,5%, face aos 34,9% - é a causa da desaceleração do indicador em ambas as zonas.

/ NM