Espanha: tribunal de Barcelona mantém Dani Alves em prisão preventiva - TVI

Espanha: tribunal de Barcelona mantém Dani Alves em prisão preventiva

Dani Alves no treino da seleção brasileira

Pedido de saída em liberdade condicional foi rejeitado, mas a defesa vai estar representada no interrogatório da jovem que acusa o jogador de violação

Relacionados

O tribunal 15 de Barcelona rejeitou o pedido da defesa de Dani Alves para que o futebolista saísse da prisão em liberdade condicional, informa a agência noticiosa espanhola EFE.

A juíza rejeitou o pedido dos advogados, que surgiu na sequência da última versão dos acontecimentos apresentada pelo internacional brasileiro, que assim continua em prisão preventiva por alegada agressão sexual.

Há três semanas, apoiado em imagens de videovigilância, Dani Alves voltou atrás na versão inicial e assumiu que teve relações sexuais com uma jovem numa discoteca em Barcelona, em dezembro do último ano, mas alegou que tudo decorreu de forma consensual.

O lateral disponibilizou-se para entregar o passaporte, pagar uma fiança e até usar pulseira eletrónica, mas o tribunal considera que permanece o risco de fuga.

Dani Alves vai continuar em prisão preventiva enquanto a investigação decorre e com uma novidade. Inicialmente, o juiz de instrução concordou que a avaliação psicológica da alegada vítima fosse realizada apenas pelos peritos do tribunal, mas o recurso da defesa foi aceite pelo Tribunal de Barcelona e a parte do jogador vai estar representada no interrogatório da jovem.

Continue a ler esta notícia

Relacionados