França: Lyon insatisfeito com a falta de castigo para o Marselha - TVI

França: Lyon insatisfeito com a falta de castigo para o Marselha

Autocarro do Lyon (AP Photo/Daniel Cole)

Clube vai recorrer da decisão da Comissão de Disciplina da liga francesa

Relacionados

O Lyon esperava mais por parte da Liga de Futebol Profissional francesa, depois dos episódios de violência verificados em Marselha, junto ao estádio Vélodrome, no passado dia 29 de outubro, que levaram ao adiamento do clássico OM-OL.

Num comunicado oficial publicado esta quinta-feira, o Olympique Lyonnais diz estar «profundamente chocado» com a decisão da LFP, que se declarou incompetente para julgar os incidentes ocorridos no exterior do estádio.

O Lyon não quer que seja ignorado o facto de os autocarros que transportavam a equipa e os seus adeptos terem sido atacados, provocando ferimentos em Fábio Grosso e num dos seus adjuntos.

Por isso, o clube anunciou que tinha apresentado recurso da Comissão Disciplinar da LFP.

A direção do Lyon diz tratar-se de uma decisão incompreensível e entende que todos os envolvidos «parecem estar a tentar fugir às suas responsabilidades».

Na sua decisão, anunciada no dia anterior, a LFP declarou que «os incidentes ocorridos na via pública não são suscetíveis de envolver a responsabilidade do clube organizador», ilibando, dessa forma, o Marselha.

De resto, o encontro foi reagendado para quarta-feira, dia 6 de dezembro, às 21h00, podendo ter público nas bancadas.

Continue a ler esta notícia

Relacionados