«Fagioli sofre de dependência de jogo, aconselhámo-lo a procurar tratamento» - TVI

«Fagioli sofre de dependência de jogo, aconselhámo-lo a procurar tratamento»

Nicolò Fagioli (AP/Alessandra Tarantino)

Agente Marco Giordano refuta críticas do pai do jogador da Juventus e frisa que o médio não foi deixado «sozinho»

Relacionados

O agente do futebolista italiano Nicolò Fagioli, que é um dos envolvidos no caso das apostas ilegais que está a causar desordem em Itália, assegurou que os representantes do atleta fizeram o possível para ajudar o jogador.

As declarações de Marco Giordano surgiram em resposta às acusações do pai do atleta da Juventus, Marco Fagioli, que apontou o dedo aos agentes por não terem acompanhado como deveriam o jogador.

«Não houve má gestão. Fomos nós que lhe dissemos para denunciar. Estávamos a aproximar-nos do verão e a primeira coisa que fizemos foi aconselhá-lo a autodenunciar e a procurar tratamento», referiu Giordano, em declarações ao jornal La Repubblica, publicadas esta segunda-feira.

Giordano acrescentou, então, que Fagioli já tem problema com o jogo há algum tempo. «O Nicolò sofre de dependência de jogo, um problema que surgiu quando nós ainda não éramos os agentes. Apesar disso, decidimos não o deixar sozinho. Por isso, nada de má gestão. Ajudámo-lo de todas as formas. Devo dizer que se comportou de forma exemplar desde que assinou connosco», frisou.

Também em declarações ao La Repubblica, na sexta-feira, o pai de Fagioli tinha dito que «seria útil que os agentes alertassem os jovens jogadores sobre os riscos que correm» e que os mesmos «deveriam segui-los e aconselhá-los». «Desta forma, justificariam o que ganham», apontou.

Continue a ler esta notícia

Relacionados