Salário de 1000€ brutos: Montenegro quer dar mais... 1,8€ líquidos. Casal, salário de 1300€ e outro de 1000€: Montenegro quer dar mais... 5,85€ - TVI

Salário de 1000€ brutos: Montenegro quer dar mais... 1,8€ líquidos. Casal, salário de 1300€ e outro de 1000€: Montenegro quer dar mais... 5,85€

Novo Governo anunciou mexidas nos impostos. Segundo as contas do próprio primeiro-ministro, o Governo do PS cortou 1.191 milhões no IRS para este ano e a AD quer cortar 348 milhões. Contas feitas, o impacto nos salários vem quase todo do que o PS fez. Veja as simulações

Para um contribuinte singular que ganhe um salário bruto de 1000 euros, o aumento de rendimento com a proposta de redução das taxas de IRS do Governo é de 29 euros líquidos por mês face a 2023, dos quais cerca de 27 euros já estavam implementados pelo PS. Assim, de acordo com as próprias simulações do Executivo de Montenegro, a nova descida agora proposta é pois de 1,8 euros líquidos por mês.

Já um salário de 1500 euros brutos, segundo as mesmas simulações, ganha 36 euros líquidos por mês face a 2023, dos quais 31 euros já tinham sido implementados, pelo que o novo reforço agora proposto é de 4,6 euros líquidos por mês.

Finalmente, para um salário bruto de 2000 euros, o ganho face a 2023 é de 54 euros líquidos por mês, dos quais 46 euros já estavam implementados, pelo que o novo ganho é de 7,6 euros líquidos por mês.

A nova tabela apresentada pelo Governo de Montenegro

De acordo com as mesmas simulações publicadas pelo novo Governo, para dois titulares, casados e sem filhos, cujo salário mensal bruto de ambos equivale a 2300 euros - 1300 € + 1000 € brutos, a poupança face a 2023 chega aos 43 euros líquidos por mês. Deste bolo total, contudo, 37,14 euros líquidos correspondem a desagravamentos já colocados em marcha pelo anterior Governo. A diferença na carteira para este agregado familiar com a proposta do novo Governo é de 5, 85 euros/ mês líquidos.

Slide apresentado pelo Governo esta sexta-feira

Nos mesmos pressupostos, de acordo com as simulações apresentadas pelo Governo, um casal sem filhos cujo rendimento bruto mensal de ambos chegue aos 3000 euros brutos - 1,700 € + 1.300 € brutos -, a poupança face ao ano passado atinge os 71,71 euros líquidos por mês. Deste total, em termos líquidos, 62,4 euros são consequência das alterações fiscais do governo de Costa e apenas 9,28 euros decorrem desta nova proposta do Executivo em funções.

Já se o valor mensal bruto auferido pelo mesmo casal ascender aos 3958 euros - 2458 € + 1500 €. Então, a poupança, tendo em conta os valores de 2023, vai chegar este ano aos 106, 21 euros, um valor a que correspondem 91,28 € de redução do Governo passado e 14,92 € da descida do IRS que o novo Governo quer aprovar no Parlamento. 

Continue a ler esta notícia