Pelo menos 29 pessoas morreram em naufrágios no Mediterrâneo - TVI

Pelo menos 29 pessoas morreram em naufrágios no Mediterrâneo

  • CNN Portugal
  • Noticia atualizada às 13:25
  • 26 mar 2023, 12:21
Migrantes resgatados do Mediterrâneo

Duas embarcações afundaram-se na costa da Tunísia

Pelo menos 29 pessoas da África subsaariana morreram a tentar chegar à Itália depois de dois barcos que os transportava se terem afundado, nas últimas horas, na costa da Tunísia, informa a Reuters.

Este é o mais recente desastre envolvendo migrantes no Mar Mediterrâneo. Nos últimos quatro dias, cinco barcos de migrantes afundaram na cidade de Sfax, no sul, deixando dezenas de desaparecidos, num momento em que se regista a um aumento significativo de barcos rumo à Itália. A guarda costeira disse que deteve cerca de 80 barcos com destino à Itália nos últimos quatro dias e deteve mais de 3 mil migrantes, a maioria de países da África subsaariana.

A guarda costeira da Tunísia resgatou cinco pessoas de um dos barcos na costa de Mahdia depois de uma viagem que começou nas praias de Sfax, disse Romadan ben Omar, um funcionário do Fórum de Direitos Sociais e Económicos (FTDES) à Reuters no domingo.

De acordo com as estatísticas do FTDES, a guarda costeira da Tunísia impediu que mais de 14 mil migrantes embarcassem em barcos durante os primeiros três meses deste ano, em comparação com 2.900 no mesmo período do ano passado.

Continue a ler esta notícia