A primeira-dama norte-americana, Jill Biden, foi submetida a uma intervenção cirúrgica, esta quarta-feira, para remover duas lesões cancerígenas, uma no peito e outra acima do olho direito, avança a Associated Press. Segundo a Casa Branca, os médicos estão a examinar a possibilidade de existir uma terceira lesão, acima do olho esquerdo.

O médico do presidente, Kevin O’Connor, disse que os exames mostraram que a lesão no olho esquerdo da primeira-dama e uma recentemente descoberta no seu peito foram confirmadas como carcinoma basocelular. A lesão no seu olho direito foi “totalmente removida, com margens, e enviada para exame microscópico”.

O especialista que acompanhou Jill Biden acrescentou que o procedimento correu bem, no entanto, a primeira-dama está a recuperar de alguns “inchaços faciais”, mas mantém “o bom humor e está a sentir-se bem”.

O presidente Joe Biden passou o dia junto à primeira-dama, no Centro Médico Militar Nacional Walter Reed, em Maryland.

CNN Portugal