Governo apresenta queixa-crime contra adjunto de Galamba - TVI

Governo apresenta queixa-crime contra adjunto de Galamba

  • Sandra Felgueiras
  • 28 abr 2023, 16:03
João Galamba (Manuel de Almeida/Lusa)

Frederico Pinheiro levou dois computadores do Estado para casa, um deles com informação classificada

O Governo apresentou uma queixa-crime contra o recém demitido adjunto do ministro das Infraestruturas, João Galamba.

A CNN Portugal apurou que, após a exoneração, por alegados comportamentos incompatíveis com o cargo, Frederico Pinheiro levou dois computadores do Estado para casa, um deles contendo informação classificada.

A Polícia Judiciária realizou buscas e já resgatou os computadores, tendo-os devolvido ao Ministério das Infraestruturas.

Adjunto responde a Galamba e explica o que aconteceu na reunião do PS com a CEO da TAP

Frederico Pinheiro foi para o Governo pela mão de Pedro Nuno Santos, antecessor de João Galamba, e, após a demissão do ex-ministro, manteve-se em funções com a pasta da aviação, ou seja, da TAP.

Foi este adjunto que esteve presente em nome do Ministério das Infraestruturas na reunião secreta que serviu para preparar a ex-CEO da TAP para as perguntas na Comissão Parlamentar de Economia de janeiro, e foi ele que tirou as notas que depois foram entregues ao ministro João Galamba e que ontem foram publicadas pela SIC Notícias.

O ministério de João Galamba só esta sexta-feira aceitou responder às perguntas que a CNN Portugal está a fazer desde ontem sobre a exoneração deste adjunto.

Continue a ler esta notícia