Biden foi denunciado pelas marcas no rosto. E a Casa Branca teve de explicar que o presidente usa uma máquina para dormir - TVI

Biden foi denunciado pelas marcas no rosto. E a Casa Branca teve de explicar que o presidente usa uma máquina para dormir

  • CNN
  • Sandee LaMotte
  • 29 jun 2023, 17:08

Presidente dos Estados Unidos começou a utilizar uma máquina de pressão positiva contínua nas vias respiratórias, ou CPAP, durante a noite, para o ajudar a combater a apneia do sono

Relacionados

O presidente Joe Biden, de 80 anos, é um dos muitos milhões de pessoas que sofrem de apneia do sono, um distúrbio grave do sono em que as pessoas deixam de respirar durante dez segundos ou mais de cada vez.

Estima-se que 936 milhões de adultos com idades compreendidas entre os 30 e os 69 anos em todo o mundo possam sofrer de apneia obstrutiva do sono, havendo muitas mais pessoas sem diagnóstico.

A doença é designada por apneia obstrutiva do sono porque, ao contrário da apneia central do sono - em que o cérebro ocasionalmente não diz ao corpo para respirar - a apneia obstrutiva do sono deve-se a uma obstrução das vias respiratórias por tecidos moles fracos, pesados ou relaxados.

O tónus muscular enfraquece com a idade, incluindo no palato mole e no pescoço, tornando a apneia do sono comum em pessoas com mais de 50 anos, dizem os especialistas. No entanto, estudos revelaram que a apneia do sono nos idosos tende a ser de tipo ligeiro a moderado, sendo que os casos mais graves ocorrem em idades mais jovens.

Biden está a receber tratamento

O presidente dos Estados Unidos começou a utilizar uma máquina de pressão positiva contínua nas vias respiratórias, ou CPAP, durante a noite, para o ajudar a combater a apneia do sono, informou a Casa Branca na quarta-feira, depois de os jornalistas terem identificado marcas de uso de máscara no seu rosto.

"Ele usou uma máquina de CPAP ontem [terça-feira] à noite, o que é comum", disse o porta-voz da Casa Branca, Andrew Bates.

Fonte da Casa Branca, que não quis ser identificada, disse que Biden tinha começado a usar a máquina nas últimas semanas. Oficialmente, não foram fornecidos mais pormenores sobre o diagnóstico que levou à utilização da máquina, nem quando esta começou a ser utilizada ou tratamentos anteriores à utilização da CPAP.

A apneia do sono não foi referida no último boletim de saúde do presidente, em fevereiro, tendo sido declarado saudável e "apto para o serviço".

Se não for tratada, a apneia obstrutiva do sono aumenta o risco de hipertensão, doenças cardíacas, diabetes tipo 2, depressão e até de morte prematura, segundo a Academia Americana de Medicina do Sono.

A doença provoca dezenas de "microdespertares" durante a noite que interrompem a capacidade do corpo de completar um ciclo completo de sono. Os sintomas incluem sonolência diurna excessiva, ronco alto e estridente, acordar com a boca seca ou dor de garganta e dores de cabeça matinais, de acordo com a Mayo Clinic.

No entanto, com o tratamento, a respiração volta ao normal e o sono profundo pode ser alcançado.  A perda de peso pode diminuir significativamente - ou mesmo eliminar - a apneia obstrutiva do sono, uma vez que a perda de massa de tecido na boca, língua e pescoço alivia a pressão sobre as vias respiratórias. Os médicos podem também prescrever um aparelho oral concebido para alargar as vias respiratórias, deslocando a língua ou o maxilar para a frente.

Se problemas anatómicos, como pólipos nasais, amígdalas ou adenóides aumentados ou um desvio do septo, estiverem a contribuir para a apneia, pode ser recomendada uma cirurgia.

Os casos ligeiros de apneia do sono podem responder à "terapia posicional", uma forma elegante de dizer que a pessoa dorme de lado e não de costas durante o sono, o que pode melhorar o fluxo das vias respiratórias e reduzir o ressonar.

Um dos tratamentos mais comuns é uma máquina de pressão positiva contínua nas vias respiratórias, ou CPAP, que se baseia numa mangueira e numa máscara para fornecer uma pressão de ar constante e estável para manter as vias respiratórias abertas enquanto a pessoa dorme. Atualmente, as máquinas são tão sofisticadas que um médico pode monitorizar remotamente o sono de uma pessoa e ajudá-la a ajustar a pressão do ar.

Pensa-se que as máquinas melhoram uma série de complicações associadas à apneia do sono, incluindo a fadiga diurna, a tensão arterial elevada e a disfunção sexual, segundo os especialistas.

Porque é que o sono profundo é importante?

Durante a primeira e segunda fases do sono, o corpo começa a diminuir os seus ritmos. Isto leva à terceira fase - um sono profundo ou de ondas lentas, em que o corpo está literalmente a restaurar-se a nível celular - reparando os danos causados pelo desgaste do dia e consolidando as memórias para armazenamento a longo prazo.

Anos de investigação revelaram que o sono, especialmente o mais profundo e reparador, melhora o funcionamento do sistema imunitário. O sono de ondas lentas é também a altura em que o corpo "elimina o lixo" do cérebro, incluindo a proteína beta-amiloide, um dos sinais característicos da doença de Alzheimer.

O sono profundo é considerado um dos melhores marcadores da qualidade do sono, porque uma pessoa tem de ter um sono relativamente ininterrupto para o conseguir. Uma vez que cada ciclo de sono dura cerca de 90 minutos, a maioria dos adultos precisa de sete a oito horas de sono relativamente ininterrupto para conseguir um sono reparador, de acordo com os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA.

No entanto, as pessoas com apneia do sono podem parar de respirar 30 ou mais vezes por hora durante a noite, acordando frequentemente quando ressonam, bufam ou têm dificuldade em respirar.

A interrupção constante dificulta a obtenção de um sono profundo suficiente e a progressão para a fase final, designada por movimento rápido dos olhos ou sono REM, que é quando ocorrem os sonhos. Estudos demonstraram que a falta de sono REM pode levar a um défice de memória e a maus resultados cognitivos, bem como a doenças cardíacas e outras doenças crónicas e a uma morte precoce.

A maioria das pessoas não faz ideia de que está a sofrer de apneia do sono, e é por isso que é importante que os entes queridos falem se o ressonar for extremamente alto ou se um ente querido deixar de respirar durante curtos períodos de tempo durante a noite. Qualquer pessoa com sintomas de apneia do sono precisa de ser avaliada por um especialista do sono.

Continue a ler esta notícia

Relacionados