Esgrimistas russos e bielorrussos não vão aos jogos Olímpicos de Paris - TVI

Esgrimistas russos e bielorrussos não vão aos jogos Olímpicos de Paris

Paris2024 (Francois Mori/AP)

Presidente da Confederação Europeia de Esgrima anunciou que os atletas não vão participar sob o estauto neutro

Relacionados

O presidente da Confederação Europeia de Esgrima, Giorgio Scarso, deu conta, esta terça-feira, de que nenhum esgrimista russo ou bielorrusso irá participar nos Jogos Olímpicos de Paris, por os atletas elegíveis sob o estatuto neutro não terem participação na qualificação.

«Infelizmente, não há atletas russos ou bielorrussos. O prazo limite de inscrição [para o último torneio europeu de qualificação] já passou. Não se sabe o motivo da ausência, nem houve comunicado oficial ou carta que explique», disse, citado pela Lusa.

O presidente do Comité Olímpico Russo, Stanislav Podzniakov, ameaçou boicotar os eventos olímpicos de esgrima no ano passado, quando o estatuto de atleta individual neutro foi negado aos melhores esgrimistas do seu país, incluindo à sua filha Sofia, atual campeã olímpico de sabre.

«Nenhum dos esgrimistas russos irá a estes Jogos Olímpicos», referiu o presidente da Federação Russa de Esgrima, Ilgar Mamedov, em 11 de abril ao sítio especializado Sports.ru.

A título individual, os atletas russos e bielorrussos podem participar nos Jogos Olímpicos sob bandeira neutra, desde que não tenham apoiado abertamente a ofensiva lançada na Ucrânia pela Rússia em fevereiro de 2022 ou sejam membros de um clube ligado às forças de segurança.

As últimas seis vagas olímpicas da zona de qualificação europeia serão atribuídas de sexta-feira a domingo, em Differdange, no Luxemburgo.

Continue a ler esta notícia

Relacionados