Corre o risco de ficar tetraplégico: jovem peregrino internado em estado grave após mergulho em Lisboa - TVI

Corre o risco de ficar tetraplégico: jovem peregrino internado em estado grave após mergulho em Lisboa

  • Agência Lusa
  • AG-Atualizada às 16:58
  • 2 ago 2023, 15:32
Hospital Santa Maria

Próximas 48 horas são cruciais para saber se o jovem vai ficar tetraplégico na sequência do acidente

Relacionados

Um jovem peregrino croata de 21 anos está internado desde terça-feira no Hospital Santa Maria, em Lisboa, com uma lesão grave na sequência de um mergulho na praia, disse esta quarta-feira à Lusa uma fonte hospitalar.

Segundo a mesma fonte, as próximas 48 horas são cruciais para saber se o jovem fica tetraplégico na sequência do acidente.

“À chegada ao local constatou-se que a vítima, um jovem de 21 anos, já tinha sido retirada da água pelos nadadores-salvadores, apresentando falta de mobilidade nos membros superiores e inferiores, tendo os nadadores-salvadores auxiliado prontamente a vítima, até à chegada dos elementos da VMER que a estabilizaram e transportaram, posteriormente, para uma unidade hospitalar”, adiantou a Autoridade Marítima Nacional.

Além deste jovem, recorreram às urgências do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, que integra os hospitais Santa Maria e Pulido Valente, 29 peregrinos, 21 dos quais à urgência central e oito à urgência pediátrica (até aos 18 anos), entre as 08:00 de terça-feira, primeiro dia da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), e as 08:00.

O peregrino encontra-se “neste momento estabilizado”, disse o médico João Gouveia, adiantando que o hospital está em contacto com a Embaixada da Croácia e com a família do jovem.

Dos cerca de 30 peregrinos que já recorreram à urgência, este jovem “é o único doente que está internado e é uma situação grave”, afirmou o diretor do Serviço de Urgência do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, que integra os hospitais Santa Maria e Pulido Valente.

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central (que engloba, entre outros, os hospitais São José e D. Estefânia) registou um aumento de 12% na procura das urgências relativamente à media das três anteriores semanas, segundo dados avançados à agência Lusa.

As urgências no Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, que integra os hospitais São Francisco Xavier, Egas Moniz e Santa Cruz, registaram um ligeiro aumento na afluência às urgências, disse à Lusa uma fonte do hospital, adiantando que na terça-feira receberam 12 utentes, nove dos quais na urgência geral, dois na urgência pediátrica e um na urgência de ginecologia, tendo todos tido alta clínica.

Mais de um milhão de pessoas são esperadas em Lisboa até domingo para a JMJ, considerado o maior acontecimento da Igreja Católica, e que conta com a presença do Papa Francisco.

O Papa, o primeiro peregrino a inscrever-se na JMJ, chegou a Lisboa hoje de manhã, tendo prevista uma visita de duas horas ao Santuário de Fátima no sábado para rezar pela paz e pelo fim da guerra na Ucrânia.

Continue a ler esta notícia

Relacionados