Extremista que invadiu Capitólio dos EUA condenado a 17 anos de cadeia - TVI

Extremista que invadiu Capitólio dos EUA condenado a 17 anos de cadeia

  • Agência Lusa
  • PF
  • 31 ago 2023, 18:29
Joseph Biggs (AP)

Joseph Biggs e outros elementos dos Proud Boys juntaram-se à multidão que conseguiu passar o controlo policial e obrigar os congressistas a fugir, interrompendo a sessão conjunta do Congresso para certificar a vitória eleitoral de Joe Biden

Um ex-ativista do grupo norte-americano de extrema-direita Proud Boys foi condenado esta quinta-feira a 17 anos de prisão por liderar o ataque ao Capitólio dos EUA para impedir a vitória do candidato Joe Biden nas presidenciais de 2020.

Os procuradores tinham pedido uma sentença de 33 anos de cadeia para Joseph Biggs, que ajudou a liderar dezenas de membros e associados dos Proud Boys na marcha até o Capitólio dos EUA em 6 de janeiro de 2021.

Biggs e outros elementos dos Proud Boys juntaram-se à multidão que conseguiu passar o controlo policial e obrigar os congressistas a fugir, interrompendo a sessão conjunta do Congresso para certificar a vitória eleitoral do Democrata Biden, que tinha vencido as eleições contra o Republicano Donald Trump.

O juiz que sentenciou Biggs também deverá apresentar sentenças separadas para quatro outros elementos dos Proud Boys que foram condenados por um júri em maio, após um julgamento de quatro meses em Washington.

Continue a ler esta notícia