Dossier Champions: grandes Ligas podem no limite ter sete equipas com entrada direta - TVI

Dossier Champions: grandes Ligas podem no limite ter sete equipas com entrada direta

A festa do Manchester City em Istambul (EPA/GEORGI LICOVSKI)

Tudo o que muda no apuramento para a nova fase inicial da Liga dos Campeões

Relacionados

A Liga dos Campeões vai mudar na próxima temporada, como o Maisfutebol já escreveu, numa alteração que vai transformar por completo a competição.

Acima de tudo, deixa de haver uma fase de grupos, com oito grupos, para fazer uma fase inicial em formato Liga: ou seja todas as equipas competem no mesmo campeonato.

De resto, e como já se sabe, o número de equipas nesta primeira fase sobe de 32 para 36 equipas, sendo que há mais quatro lugares.

LEIA TAMBÉM:
               Dossier Champions: tudo o que precisa de saber sobre o novo formato
               Dossier Champions: vitória vai render menos, mas clubes portugueses vão receber mais

Um desses lugares será entregue ao terceiro classificado do campeonato posicionado em quinto lugar do ranking, outro lugar será entregue ao caminho dos campeões (passa de quatro para cinco lugares) e os últimos dois lugares serão entregues à primeira equipa não apurada dos dois países com melhor ranking na época anterior.

Só para se ter uma ideia, nesta altura os países com melhor ranking em 2023-24 são a Itália e a Alemanha, o que significa que, se mantivessem esta posição no ranking desta temporada, o quinto classificado destes campeonatos também entraria na fase inicial da Champions.

Ora isto significa que, em última instância, qualquer dos quatro primeiros classificados do ranking (Inglaterra, Espanha, Alemanha ou Itália) podiam ter sete equipas na Liga dos Campeões da época a seguir.

Vamos usar como exemplo a Inglaterra. Tem, tal como Espanha, Alemanha e Inglaterra, quatro clubes com entrada direta na Champions. Se por acaso foi um dos dois países com melhor ranking esta temporada, ganha mais um lugar: para o quinto classificado.

No entanto, pode ainda ter o vencedor da Liga dos Campeões e o vencedor da Liga Europa, que garantem também entrada direta. Se estes dois clubes não ficar num dos primeiros cinco lugares do campeonato inglês, então juntam-se aos cinco já apurados e garante sete lugares.

Continue a ler esta notícia

Relacionados