Liga Conferência: Fiorentina vence jogo complicado e Fenerbahce atropela na Bélgica - TVI

Liga Conferência: Fiorentina vence jogo complicado e Fenerbahce atropela na Bélgica

Fiorenta a festejar vitória frente ao Maccabi Haifa (Denes Erdos/AP)

Dínamo Zagreb venceu PAOK de Vieirinha e Servette empatou a zeros com o Plzen

Relacionados

A Fiorentina venceu esta quinta-feira o Maccabi Haifa, por 4-3, em jogo referente à 1.ª mão dos «oitavos» da Liga Conferência, num jogo que teve sete (!) golos.

Com golo madrugador, a Fiorentina viu-se na frente do marcador logo aos dois minutos, golo do avançado angolano M’Bala Nzola, mas antes da meia hora de jogo já os israelitas tinham dado a volta, com golos de Seck (12), e do médio Gadi Kinda (29).

Aos 58 minutos, Beltran da Fiorentina empatou, mas o Maccabi voltou rapidamente a ficar na frente, com o avançado Anan Khalaili, de 19 anos, a marcar aos 67.

Mas a equipa italiana não se deixou ficar e respondeu à desvantagem, aproveitando um Maccabi reduzido a 10, depois de Show receber o segundo amarelo, e fizeram o 3-3 ao minuto 77, autoria de Rolando Mandragora, e o 4-3 aos 90+5, pelos pés de Barak.

A segunda mão está marcada para o próximo dia 14 de março, em Florença, com o resultado em aberto. De notar que a primeira mão foi jogada na Hungria devido ao conflito entre Israel e o Hamas.

Os turcos do Fenerbahce foram à Bélgica vencer o Saint Gilloise, líder do campeonato belga, por 3-0, num jogo que só teve um sentido.

O primeiro golo foi da autoria de Batshuayi, aos 20 minutos. O segundo e terceiro golo apenas surgiram no final da partida, aos 84 e 90+4 minutos, marcados pelo lateral esquerdo Jayden Oosterwolde e por Dusan Tadic, respetivamente.

O Dínamo Zagreb recebeu e venceu o PAOK (2-0), esta quinta-feira, com o português Vieirinha a ficar no banco dos gregos.

Com dois ex-Benfica no onze, Meite e Zivkovic, o PAOK sofreu às mãos (ou pés, neste caso) do croata Petkovic, que marcou dois golos (37 e 71 minutos) e dificultou a passagem dos gregos para a próxima fase.

Na próxima quinta-feira, as duas equipas voltam a encontrar-se em Salónica, para jogar os 90 minutos que restam, com o PAOK procurar uma diferença, no mínimo, de dois golos para empatar a partida e ter hipóteses de seguir para a próxima fase.

Por fim, o Servette recebeu o Plzen, num jogo sem golos e mantém-se tudo em aberto para a segunda mão, na República Checa.

Continue a ler esta notícia

Relacionados