Schmidt: «Vamos ver um Benfica a praticar futebol atacante de novo» - TVI

Schmidt: «Vamos ver um Benfica a praticar futebol atacante de novo»

Alemão, que respondeu a apenas duas questões na sala de imprensa, diz-se «desapontado» pelo resultado em Vila do Conde, mas «não era assim tão importante», tendo em conta a tabela

Relacionados

Roger Schmidt em declarações na conferência de imprensa após o empate (1-1) na visita ao Rio Ave, na 34.ª e última jornada da Liga. O treinador do Benfica respondeu apenas a duas questões, à BTV e à RTP:

«[O que dizer deste último jogo da época?] Satisfeito pela prestação dos jogadores, como mostrámos no último jogo, com uma boa exibição e hoje também criámos muitas chances, marcámos um golo e depois tivemos muitas oportunidades para resolver o jogo cedo, mas não o fizemos e, num penálti, bem assinalado, o adversário marcou um golo e usaram esse momento. Estou desapontado pelo resultado, mas é o que é, não era assim tão importante, tendo em conta a situação na tabela. Somos segundos [classificados] e não podíamos cair para terceiro.

Era importante mostrar outra atitude hoje, temos de melhorar em alguns tópicos, analisar esta época e usá-la para sermos melhores. Há pontos onde podemos fazer melhor e um é obvio: criámos muitas ocasiões, mas não somos eficazes. Podíamos ter mais de 80 pontos se usássemos as nossas oportunidades de forma normal. O que estamos a fazer não é normal, é algo que podemos melhorar e vamos trabalhar duro na pré-época para ir atrás de cada título. É tempo de descansar, aproveitar as férias, todos, sobretudo os jogadores, e começarmos do zero de novo. Estamos ansiosos por lutar por títulos.»

«[Que Benfica pensa ter na próxima época?] O estilo de jogo é bom, jogamos bom futebol não concedemos muitas oportunidades e criámos muitas chances, é o que temos de fazer para ganhar títulos. Claro que com experiência, com ritmo no jogo… temos de ter cuidado com jogos difíceis, ver que jogadores saem e entram e depois tornar-nos uma equipa de novo. É crucial usar a pré-época, sobretudo com tantos jogos na temporada, sem tempo para treino tático. Vamos usar a pré-época para isso e ver um Benfica a praticar futebol atacante de novo, como nesta e na época passada.»

Continue a ler esta notícia

Relacionados