Casa Pia-Portimonense, 1-0 (destaques) - TVI

Casa Pia-Portimonense, 1-0 (destaques)

O suor de Clayton e a estreia de Justo

Relacionados

Momento: a primeira vez de Samuel Justo

O jogo estava incaracterístico quando, ao minuto 55, o Casa Pia chegou ao golo, numa jogada rápida pelo corredor central. Passe vertical de Zolotic, desvio de primeira de Yuki Soma, a deixar a defesa do Portimonense fora do lance e a abrir caminho para a entrada do jovem Samuel Justo que entrou na área e atirou a contar. Foi o primeiro golo do avançado de 19 anos, formado no Sporting, na Liga.

Figura: tanto suor de Clayton

O avançado brasileiro deixou tudo em campo e, por isso, merece este destaque especial. Esteve em evidência na primeira parte, não tanto no ataque, mas a ajudar a sua equipa a manter-se equilibrada, com constantes apoios a todos os setores do campo. Cresceu no jogo na segunda parte, especialmente depois do golo de Samuel Justo e teve uma oportunidade soberana para matar o jogo.

Outros destaques:

Yuki Soma

O japonês começou a jogar sobre a esquerda, depois trocou de flanco com Tiago Dias, mas foi do corredor central que arrancou a espetacular assistência que permitiu a Samuel Justo fazer o único golo da noite. Uma assistência com apenas um toque, mas o suficiente para afastar os defesas algarvios e deixar o caminho aberto para o jovem avançado.

Gonçalo Costa

Boa primeira parte do ala do Portimonense, sempre em jogo, sempre a levar a equipa para a frente, com boas combinações com Hélio Varela. Caiu, como toda a equipa, na segunda parte.

Midana Cassamá

Esteve quase a ter uma estreia de sonho na Liga, mas logo a seguir deitou tudo a perder nos instantes finais do jogo. Ficou a centímetros de empatar o jogo, num lance em que se antecipou a Ricardo Batista e viu a bola a passar muito perto do poste. Logo a seguir, ao tentar chegar a uma bola, acabou por agredir o guarda-redes do Casa Pia, num lance que só se pode explicar pela frustração do avançado guineense.

Continue a ler esta notícia

Relacionados