I Liga, II Liga e Liga 3: tudo o que falta decidir na última jornada - TVI

I Liga, II Liga e Liga 3: tudo o que falta decidir na última jornada

João Moutinho e Evanilson no FC Porto-Sp. Braga (MANUEL FERNANDO ARAÚJO/Lusa)

Próximo fim de semana é de todas as decisões nas três principais divisões do futebol português. Tudo o que está por decidir e todos os envolvidos

O próximo fim de semana tem em agenda a última jornada (34.ª) da I Liga e da II Liga e também a derradeira jornada (14.ª) da fase de subida na Liga da Liga 3. Os três principais campeonatos do futebol português ainda têm decisões em aberto e sábado e domingo joga-se tudo por tudo pelos respetivos objetivos.

Na I Liga, o Sporting já é campeão, o Benfica vai terminar no 2.º lugar, já são conhecidos os seis primeiros classificados (o mesmo que dizer os seis clubes da I Liga que garantiram o apuramento para a Taça da Liga), o Desportivo de Chaves e o Vizela já estão despromovidos à II Liga, mas há ainda duas grandes decisões em cima da mesa: o 3.º lugar e quem vai jogar o play-off para não descer.

Na disputa pelo 3.º lugar estão FC Porto e Sporting de Braga. Na corrida às duas últimas vagas de manutenção direta, para evitar o play-off, estão Boavista, Estrela da Amadora e Portimonense.

As contas do 3.º Lugar
3.º: FC Porto, 69 pontos
4.º: Sp. Braga, 68

Jogo: Sp. Braga-FC Porto (sábado, 20h30)

Mais direta não podia ser, na última jornada, a corrida ao 3.º lugar, que dá acesso direto à fase de grupos da Liga Europa. Sp. Braga e FC Porto defrontam-se na Pedreira e as contas são fáceis de fazer. O FC Porto garante o 3.º lugar se não perder em Braga. O Sporting de Braga só termina o campeonato no 3.º lugar se bater o FC Porto, caso contrário acaba no 4.º lugar (que dá acesso à 2.ª pré-eliminatória da Liga Europa).

As contas da manutenção/play-off:
14.º: Boavista, 31 pontos
15.º: Estrela Amadora, 30
16.º: Portimonense, 29

Jogos: Boavista-Vizela, Estrela-Gil Vicente, Farense-Portimonense (sábado, 15h30)

Ponto prévio (a propósito de possíveis desempates em caso de igualdade pontual): a Liga nunca acabará com igualdade pontual entre os três clubes. Porém, pode haver empate pontual a dois entre todos: Boavista e Portimonense (ambos acabarem com 32), Boavista e Estrela (ambos com 31) e Estrela e Portimonense (ambos com 30).

  • Entre Boavista e Portimonense, há total igualdade no confronto direto. O Boavista venceu por 4-1 em Portimão, o Portimonense venceu por 4-1 no Bessa. O que desempataria nesta altura uma igualdade pontual seria o saldo de golos total na Liga, claramente favorável ao Boavista, com uma margem de 12 golos para os de Portimão: tem 23 negativos (37-60), para 35 negativos dos algarvios (36-71). Já o Estrela terá sempre vantagem no confronto direto, seja com Boavista (venceu 3-1 em casa e empatou 1-1 fora) ou Portimonense (venceu 3-0 em casa e empatou também 1-1 fora).

Tendo isto em consideração, estes são os cenários para a última jornada:

BOAVISTA garante a manutenção:
- Se ganhar ao Vizela;
- Se empatar, independentemente do resultado do Estrela, garante se o Portimonense não vencer por… 12 (!) golos de diferença ao Farense. Se essa alta improbabilidade acontecer, já precisa que o Estrela não vença.
- Se perder, garante naturalmente se Estrela e Portimonense perderem. Mas também garante mesmo que os adversários pontuem. Porém, no máximo só poderia acontecer uma destas combinações: o Estrela pontuar desde que o Portimonense não ganhe, ou o Estrela perder e aí o Portimonense até já poderia ganhar.

ESTRELA garante a manutenção:
- Se ganhar ao Gil Vicente;
- Se empatar e o Portimonense não ganhar. Ou então, caso o Portimonense ganhe e o Boavista perca.
- Se perder e o Portimonense não ganhar.

PORTIMONENSE garante a manutenção:
- Se e só se vencer. E a partir daí esperar ou que o Boavista perca, ou que o Estrela não ganhe. Também garantiria de forma altamente mais improvável se o Boavista empatasse e o Estrela ganhasse, mas aí já teria de golear o Farense pelos tais 12 golos de diferença para superar o Boavista. Aí, ambos teriam 32 pontos, saldo negativo de 23 golos na Liga entre marcados e sofridos e o que desempataria a favor do Portimonense seria o quarto critério de desempate, o do maior número de vitórias na Liga (ficaria oito para sete).

_

II Liga: em jogo título e play-off para subir

A II Liga já tem Santa Clara e Nacional promovidos à I Liga, Länk Vilaverdense e Belenenses como despromovidos e o Feirense certo no 16.º lugar, para disputar o play-off com o 3.º classificado da fase de subida da Liga 3, à procura de não descer. Em jogo está o título entre açorianos e madeirenses e também o 3.º lugar, que ainda pode dar subida, via play-off com o 16.º classificado da I Liga, que poderá ser Boavista, Estrela ou Portimonense.

Contas do título
1.º: Santa Clara, 70 pontos
2.º: Nacional, 68

Decisão a partir das 16h30 de domingo, com o Santa Clara a receber a União de Leiria e o Nacional o Mafra. Tendo em conta que o líder Santa Clara tem desvantagem no confronto direto em caso de igualdade pontual (perdeu 1-0 nos Açores e empatou 1-1 na Choupana), os açorianos são campeões desde logo se vencerem, ou caso empatem ou percam e o Nacional não vença. Ao contrário, o Nacional só é campeão se vencer e o Santa Clara não vencer.

Contas do play-off 
3.º AVS, 64 pontos
4.º Marítimo, 63

Tudo para decidir a partir das 11h de domingo, no AVS-Tondela e no Ac. Viseu-Marítimo. O AVS tem, além da vantagem de um ponto, vantagem no confronto direto em caso de igualdade pontual com o Marítimo (venceu fora por 1-0 e em casa por 3-2). Assim, o AVS vai ao play-off caso vença, ou se não vencer e o Marítimo também não vencer. Já o Marítimo fica em 3.º lugar se e só se vencer e o AVS não vencer.

_

Liga 3: Sp. Braga B, Felgueiras e Lourosa na luta pela subida e play-off

À partida para a última jornada da Liga 3 e já com o Alverca promovido e campeão, há três clubes na luta pela subida: Sp. Braga B (2.º com 22 pontos), Felgueiras (3.º com 21) e Lusitânia de Lourosa (4.º com 20). Um deles vai subir direto, o outro jogar o play-off com o Feirense e outro ficar na Liga 3. Tudo se decide a partir das 15 horas de domingo, com os jogos Sp. Braga B-Atlético, Lourosa-Alverca e Sp. Covilhã-Felgueiras.

Tal como no cenário de manutenção na I Liga, há semelhanças nas contas na Liga 3. Nunca haverá igualdade pontual entre os três clubes, mas pode haver a dois: Braga B e Lourosa a 23 pontos, Braga B e Felgueiras a 22 e Felgueiras e Lourosa a 21 e cada equipa sai a ganhar num caso de igualdade pontual e perde noutro: o Braga B tem vantagem no confronto direto com o Felgueiras, o Felgueiras tem sobre o Lourosa e o Lourosa sobre o Braga B!

SP. BRAGA B sobe à II Liga:
- Se vencer o Atlético;
- Se empatar ou perder e o Felgueiras e o Lourosa não ganharem.

FELGUEIRAS sobe à II Liga:
- Se e só se vencer na Covilhã e o Sp. Braga B não ganhar.

LOUROSA sobe à II Liga:
- Se e só se vencer o Alverca e Sp. Braga B e Felgueiras não vencerem.

Continue a ler esta notícia