«Andrew nunca manifestou outra coisa que não fosse ajudar a equipa» - TVI

«Andrew nunca manifestou outra coisa que não fosse ajudar a equipa»

Gil Vicente-Portimonense

Treinador do Gil Vicente apontou «futuro risonho» ao jovem que foi a jogo, apesar de ter perdido a mãe

Relacionados

Carlos Cunha, treinador interino do Gil Vicente, em declarações na flash interview à Sport TV 1, após a derrota por 4-0 na receção ao Sporting, na 29.ª jornada da Liga:

«[Aos 10 minutos, estar a perder 2-0 marca o rumo do jogo] A tarefa era difícil no início, com um contexto complicado, sabíamos que o Sporting ia tentar ganhar vantagem cedo, mas facilitámos a tarefa. A nossa equipa vale muito mais, podíamos ter tido um jogo mais conseguido pela pequena reação da segunda parte. Temos de ser realistas, a primeira parte tira-nos do jogo. Ficámos em desvantagem muito cedo, com o Sporting sempre muito confortável e a nossa equipa, que não está tão confiante como há uns jogos, não se mostrou na posse, não tivemos bola na primeira parte, limitámo-nos a tentar fechar espaços e não fomos competentes para alterar o rumo dos acontecimentos. A segunda parte foi mais conseguida, mas o Sporting tinha a vantagem e tentou gerir o jogo.»

«[Andrew perdeu a mãe mas foi a jogo] Um momento muito difícil, tivemos o conhecimento ontem já bastante tarde. Falei pessoalmente com o Andrew, em nenhum momento ele manifestou outra coisa que não fosse ajudar a equipa. É uma perda irreparável na vida de um ser humano, sabemos o que significa uma mãe para todos nós. Foi um contratempo, são as coisas importantes da nossa vida. Estou feliz porque o Andrew não teve responsabilidade no que aconteceu, esteve à altura do jogo, é um excelente profissional e estamos cá para o ajudar. É um grande guarda-redes, vai ter um futuro risonho e vamos estar aqui para o ajudar a ter o futuro que merece.»

«[Que equipa é esta que Tozé Marreco vai assumir?] A equipa já mostrou que tem qualidade, está num ciclo negativo. Em termos de construção de jogo, vale mais do que mostrou hoje e espero que o próximo treinador exponencie o que há de bom na equipa. É um excelente grupo de trabalho e estou convicto de que as coisas vão correr bem e vamos sair desta situação.»

Continue a ler esta notícia

Relacionados