Artur Jorge: «No seu todo a vitória conquistada é justa» - TVI

Artur Jorge: «No seu todo a vitória conquistada é justa»

Artur Jorge no Vizela-Sp. Braga (HUGO DELGADO/Lusa)

Vizela-Sp. Braga, 1-3 (reportagem)

Declarações de Artur Jorge, treinador do Sp. Braga, na sala de imprensa do Estádio do FC Vizela, após o triunfo (1-3) sobre o Vizela no jogo de abertura da 13.ª jornada:

«Gosto de olhar para o jogo no seu todo e olhando par aos noventa minutos considero a vitória justa da nossa parte, com momentos em que tivemos de sofrer também. A primeira parte foi incaracterística da nossa parte, tivemos dificuldades de ligação, mas mesmo assim conseguimos fazer um bom golo. Na segunda parte após o segundo golo tivemos momentos de maior conforto. Tivemos a reação natural do Vizela, com um golo de bola parada, que nos obrigou a ser mais compactos até ao terceiro golo. Vitória conquistada de forma justa».

[Prefere ganhar assim, a aproveitar as oportunidades sem jogar tão bem, ou entrar a sofrer e dar a volta?] «Prefiro é ganhar. Esse é o ponto determinante. A questão de entrar a sofrer seria passar noventa minutos na nossa área, o que não aconteceu. Tivemos a capacidade de construir o resultado na semana passada, hoje fizemos um bom jogo defensivamente, estivemos bem, o que vejo é uma vitória justa e bem conseguida dos meus jogadores».

[Segue Nápoles, Benfica e Vitória brevemente…] «Se nós prolongássemos o que aí vem estaríamos a dizer que temos um calendário muito denso. Este final de dezembro e o mês de janeiro será de grande exigência, compete-nos olhar para todos os jogos com a mesma vontade de ganhar os jogos».

[Prestação defensiva] «Gostei, tivemos um grande desempenho defensivo coletivamente. É justo dizer que Paulo Oliveira e Serdar fizeram um jogo de grande qualidade. Fomos batidos apenas num golo de bola parada. Destacar a postura defensiva da equipa no seu todo».

 

Continue a ler esta notícia