Ruben de la Barrera: «Um marciano não acredita na posição desta equipa» - TVI

Ruben de la Barrera: «Um marciano não acredita na posição desta equipa»

Sp. Braga-Vizela (HUGO DELGADO/LUSA)

Sp. Braga- Vizela, 2-1 (reportagem)

Declarações de Ruben de la Barrera, treinador do Vizela, na sala de imprensa do Estádio Municipal de Braga, após perder (2-1) frente ao Sp. Braga naquela que foi a quinta derrota consecutiva da sua equipa:

«Se vem aqui um marciano, do espaço, e vê a posição desta equipa não acredita. Somos competitivos, condicionámos o rival, conseguimos pressionar, conseguimos sair e chegar à vantagem. Mas, também é certo que cometemos erros perante uma equipa que luta pelo terceiro lugar no campeonato. O que sinto é pena, o futebol é caprichoso, é como é. Às vezes o resultado dá razão ao trabalho que se faz, mas noutras vezes não. Com equipas grandes, desde a minha chegada, este foi o nosso jogo mais competitivo».

[Impacto do golo do empate] «Depois do golo sofrido tivemos alguns minutos que tivemos de aceitar a realidade. A verdade é que na única situação que têm fazem o golo, e nós não tivemos mais presença. Tivemos situações para ir para a frente com outro controlo, permitimos poucas ocasiões, ocupámos o espaço certo. A reação depois do golo, excetuando os primeiros minutos, foi boa».

[Matematicamente ainda é possível, mas está cada vez mais difícil] «Independentemente de matemática, ou não, tenho a sensação clara que temos de ser competitivos e temos capacidade para ganhar todos os jogos. Não é uma questão de matemática, o que temos de fazer é concentrar-nos nos jogos, sermos mais sólidos, a nossa identidade está clara».

 

Continue a ler esta notícia