Liga: os números de Gyökeres ao lado das melhores versões de Taremi e Darwin - TVI

Liga: os números de Gyökeres ao lado das melhores versões de Taremi e Darwin

Gyökeres (Sporting) (AP Photo/Armando Franca)

Avançado sueco é o melhor dos três juntando golos e assistências, mas precisa de rematar mais para marcar

Relacionados

Viktor Gyökeres já deixou a sua marca bem vincada na espetacular temporada que o Sporting está a realizar e está muito perto de bater os números de Mehdi Taremi e Darwin Nuñez, os melhores marcadores das últimas temporadas da Liga.

Numa comparação feita com os números fornecidos pela Sofascore, parceiro do Maisfutebol, podemos constatar que o avançado sueco já ultrapassou o número de golos do iraniano do FC Porto e, com quatro jogos por realizar, está a apenas dois do uruguaio que agora joga no Liverpool, mas se juntarmos as assistências, o goleador dos leões já é, nesta altura, o melhor dos três. 

Com o «bis» frente ao Vitória de Guimarães (3-0), no domingo à noite, Viktor Gyökeres quebrou um jejum de cinco jogos, o mais longo desta temporada, para chegar aos 24 golos em 29 jogos da Liga, aumentando a vantagem sobre Simon Banza (Sp. Braga), que marcou 21 golos em 24 jogos, e Rafa Mujica (Arouca), com 20 golos em 29 jogos, na corrida ao título de melhor marcador da Liga.

Numa comparação com as últimas duas temporadas, Viktor Gyökeres já tem mais golos, em 29 dos 30 jogos, do que Mehdi Taremi, o melhor marcador de 2022/23, e está a apenas dois de Darwin Nuñez, melhor marcador em 2021/22. O avançado dos leões ainda poderá marcar presença em mais quatro jogos, enquanto o iraniano do FC Porto atingiu o referido registo em 33 jogos. Já Darwin fê-lo em 28 encontros.

Se juntarmos o número de assistências, o avançado sueco já é melhor dos três, no que diz respeito à participação direta nos golos da respetiva equipa. O goleador do Sporting, além dos 24 golos que já marcou, acumula dez assistências para outros tantos golos, elevando a participação direta nos golos do Sporting para 34, já acima de Mehdi Taremi de 2022/23 (22 golos e 7 assistências) e do Darwin Nuñez de 2021/22 (26 golos e 4 assistências).

Com uma média de 3.45 remates por jogo, Gyökeres já remata mais do que Taremi em 2022/23 (2.91 remates por jogo) e do que Darwin em 2021/22 (3.04 remates por jogo). O sueco também já é mais eficaz do que Taremi, com 24 por cento dos seus remates a resultarem em golo, mas, neste capítulo, está ainda atrás de Darwin, que deixou Portugal com uma percentagem de concretização superior a trinta por cento (30.6 por cento).

O antigo goleador do Benfica marcava, em média, um golo a cada 77 minutos, enquanto Gyökeres, com o jejum de um mês na Liga (cinco jogos), precisa de 108 minutos patra festejar, um número ainda assim superior aos que Taremi apresentou na época passada, com um golo a cada 120 minutos.

A verdade é que Gyökeres é o mais eficaz dos três em relação a grandes oportunidades, uma vez que desperdiçou apenas onze, menos três do que Darwin em 2021/22 e menos seis do que Taremi em 2022/23.

Números que Gyökeres ainda pode melhorar, a começar pela visita ao Dragão, já no próximo domingo, no clássico com o FC Porto. Os leões vão depois receber o Portimonense, que está em posição de play-off, vão ao Estoril, que luta pela permanência, e fecham o campeonato, em casa, frente ao Desportivo de Chaves, atual penúltimo classificado.

38 golos em todas as competições

Além dos 24 golos na Liga, Gyökeres marcou mais 14 nas restantes competições (5 na Liga Europa, 6 na Taça de Portugal e 3 na Taça da Liga), num total de 38 golos esta temporada. Neste capítulo, o sueco também já tem melhores números do que o Taremi de 2022/23, com 31 golos na época, e do que o Darwin Nuñez de 2021/22, que acumulou 35 golos pelo Benfica.

Com 24 golos e 10 assistências, Gyökeres tem uma participação próxima dos 40 por cento nos 87 golos que o Sporting marcou na presente edição da Liga. Com quatro jogos pela frente, os leões podem ainda aproximar-se do número redondo de 100 golos (faltam 13), número superado pela última vez pelo Benfica de Bruno Lage na temporada de 2018/19 (103 golos).

A confirmar-se o título de melhor marcador da Liga, Gyökeres será apenas o quarto jogador do Sporting a destacar-se neste capítulo nos últimos vinte anos, sucedendo a Pedro Gonçalves (2020/21), Bas Dost (2016/17) e Liedson (2004/05 e 2006/07).

Os melhores marcadores da Liga nos últimos 20 anos

2023/24: Viktor Gyökeres (Sporting), 24 golos (30 jogos)

2022/23: Mehdi Taremi (FC Porto), 22 golos

2021/22: Darwin Nuñez (Benfica), 26 golos

2020/21: Pedro Gonçalves (Sporting), 23 golos

2019/20: Carlos Vinicius (Benfica), 18 golos

2018/19: Haris Seferovic (Benfica), 23 golos

2017/18: Jonas (Benfica), 34 golos

2016/17: Bas Dost (Sporting), 34 golos

2015/16: Jonas (Benfica), 32 golos

2014/15: Jackson Martínez (FC Porto), 21 golos

2013/14: Jackson Martínez (FC Porto), 20 golos

2012/13: Jackson Martínez (FC Porto), 26 golos

2011/12: Óscar Cardozo (Benfica) e Lima (Sp. Braga, 20 golos

2010/11: Hulk (FCC Porto), 23 golos

2009/10: Óscar Cardozo (Benfica), 26 golos

2008/09: Nenê (Nacional), 20 golos

2007/08: Lisandro López (FC Porto), 24 golos

2006/07: Liedson (Sporting), 15 golos

2005/06: Meyong (Belenenses), 17 golos

2004/05: Liedson (Sporting), 25 golos

2003/04: Benni McCarthy (FC Porto), 20 golos

Continue a ler esta notícia

Relacionados