«Até ao fim da época todos os jogos são finais para o Vizela» - TVI

«Até ao fim da época todos os jogos são finais para o Vizela»

Vizela-Vitória

Rúben de la Barrera salientou a importância de bater o Gil Vicente para dar a volta ao momento negativo

Relacionados

Último classificado na véspera da visita a Barcelos, Rúben de la Barrera considerou que todos os jogos do Vizela até ao fim do campeonato «são finais» e destacou a importância de voltar aos triunfos já diante do Gil Vicente.

«É uma vitória fundamental para confirmar o trabalho que temos feito. Já sabemos o que fazer em termos internos de jogo, mas em termos de estabilidade e rendimento é preciso essa vitória. Mas o mais fundamental de tudo é conhecer os caminhos para ganhar, em termos de ataque, de defesa, de consistência, de eficácia», disse o treinador dos minhotos, em conferência de imprensa. 

Apesar dos resultados e do último lugar, o espanhol assegurou que o balneário está forte e unido e com o pensamento na vitória.

«Apesar da nossa situação, o dia-a-dia é muito positivo. O balneário é bom, o espírito que existe é bom. O importante agora é que temos um plano. Eles treinam, mas é certo que precisamos de uma vitória. Mas sabemos que o trabalho está a ser bom. E as vitórias vão chegar como consequência disso. Espero que essa vitória seja já no jogo de amanhã [terça-feira]. Porque sei que estamos a tempo de tudo», garantiu.

Rúben de la Barrera admitiu que os resultados pesam mentalmente, mas que o trabalho dos jogadores vai acabar por dar frutos.

«A posição que ocupamos ao dia de hoje, mentalmente, pode pesar. Mas também tenho presente que se não controlarmos o jogo, se não fizermos aquilo que temos que fazer beneficiando das características dos nossos jogadores, a vitória ficará mais longe. Acredito que muitas das coisas que acontecem têm a ver com erros não forçados. E isso pode ter uma componente muito importante em termos mentais. Não é a mesma coisa ir em quinto lugar ou na posição que vamos atualmente», referiu.

O técnico destacou a importância de vencer a primeira «final» frente ao Gil Vicente para dar a volta ao momento negativo.

«Até ao final do campeonato todos os jogos são finais. Amanhã é a primeira final. E não tenho dúvida que se fizermos o que temos que fazer vamos ter muitas probabilidades de ganhar o jogo. Isso é o que esta equipa precisa, ganhar um jogo. Mas seguir a linha ajustando as coisas que não nos estando permitindo conseguir», concluiu.

O Gil Vicente-Vizela joga-se esta terça-feira, às 15h30, em Barcelos.

 

 

Continue a ler esta notícia

Relacionados