Quantas vezes pode usar o pijama, as calças de ganga ou a roupa do ginásio sem lavar? - TVI

Quantas vezes pode usar o pijama, as calças de ganga ou a roupa do ginásio sem lavar?

  • CNN
  • Kristen Rogers
  • 3 fev 2023, 13:57
Pijama. Créditos: miodrag ignjatovic/E+/Getty Images

Relacionados

O número de vezes que é apropriado usar uma peça de roupa sem a lavar parece muitas vezes basear-se nas crenças populares ou na educação de uma pessoa do que em conselhos profissionais.

A utilizadora de TikTok Allison Delperdang iniciou um aceso debate online quando publicou um vídeo a 10 de janeiro a dizer que veste o mesmo pijama várias vezes.

"Quando era mais nova, os meus pais obrigavam-nos a usar pijamas... várias noites seguidas porque não estavam sujos, e eu ainda o faço em adulta", disse. "Preciso de saber se, como adultos, ainda o fazemos ou se devo estar literalmente a vestir roupa suja todas as noites?"

A resposta - tanto para o pijama como para outras roupas - depende de aspetos pessoais como o nível de suor e o estilo de vida, embora para muitas pessoas outros fatores mais abstratos possam entrar em jogo, dizem os especialistas.

As nossas crenças sobre a higiene das roupas são em grande parte "sociais e culturais", disse Anthony Rossi, dermatologista assistente no Memorial Sloan Kettering Cancer Center em Nova Iorque e membro da Academia Americana de Dermatologia. "As pessoas tendem a lavar demais e a lavarem-se em excesso, porque, especialmente na América, temos o luxo de poder fazer todas essas coisas quando quisermos."

Reutilizar a mesma roupa - particularmente em dias consecutivos - está "ligado a evitar o cansaço da decisão, pelo que usar a mesma roupa implica menos decisões a tomar e menos stress todas as manhãs", observou Manal Mohammed, docente sénior de microbiologia médica na Universidade de Westminster, em Londres.

Mas não saber quando lavar as suas roupas pode ter consequências. Lavá-las muito raramente pode levar a problemas de pele ou infeções, e lavá-las com muita frequência pode danificar as peças. Esta última também pode resultar em gastos desnecessários.

Alguns princípios orientadores podem ajudar a determinar quando uma peça de roupa pode ser usada novamente sem lavagem e quando é altura de a colocar no cesto.

A regra universal: o que se deve lavar

Não existe uma regra rígida para quantas vezes se pode voltar a usar a mesma roupa, mas os especialistas dizem que há alguns tipos que devem ser lavados após cada utilização: roupa interior, meias, collants, leggings e roupa de desporto. Este conselho aplica-se também a qualquer outra roupa com manchas, suor, odor ou sujidade visível, sublinhou Mohammed.

Estes tipos de roupa estão "numa parte do nosso corpo que tem muitas bactérias naturais, como o nosso microbioma", apontou Rossi. "Então, nas atividades quotidianas, transpiramos. Isso gera humidade e um ambiente onde as bactérias podem crescer em excesso."

O crescimento excessivo de bactérias pode levar a infeções, fungos e outros problemas de pele, acrescentou.

Para além das bactérias do suor, as roupas usadas em ginásios ou ambientes desportivos podem entrar em contacto com bactérias como o Staphylococcus aureus, resultando em infeções comuns em ambientes comunitários e hospitalares. Essas infeções podem tornar-se graves se entrarem nos tecidos internos ou na corrente sanguínea.

Algumas pessoas preferem secar as suas roupas de treino através do ar ou de uma máquina de secar, com a intenção de as tornar seguras para voltar a usar no dia seguinte. Mas essa abordagem torna a situação ainda pior, alertou Rossi.

"O calor vai fazer crescer as bactérias. Não é calor suficiente para as esterilizar", garantiu. "Precisamos realmente de lavá-las com água e sabão - e com água quente especialmente, porque vai ajudar a soltar a sujidade e a livrar-se das bactérias."

Quando se trata da razão pela qual não se deve voltar a calçar as mesmas meias do dia anterior é porque "as infeções fúngicas nos pés e dedos dos pés desenvolvem-se muito rapidamente", indicou o dermatologista Jeremy Fenton, diretor clínico do Schweiger Dermatology Group em Nova Iorque e assistente de dermatologia no Hospital Mount Sinai. "Dentro dos nossos sapatos está o ambiente perfeito para a proliferação de fungos. Está quente, está húmido e está escuro."

Por causa disso, deve lavar os seus sapatos ou as palmilhas numa máquina de lavar pelo menos uma vez por mês, defendeu Rossi.

Roupas que se podem voltar a vestir

Para pijamas, casacos, calças de ganga e outras roupas, quantas vezes pode usá-las sem lavar baseia-se nos mesmos princípios para roupa interior ou roupa de desporto.

"Quanto às suas calças e camisas, penso que é uma questão de conforto e de quanto transpira ao longo do dia", afirmou Rossi. "Muitas pessoas usam camisolas interiores. A camisola interior seria algo a lavar, enquanto a sua camisa de cima não precisa realmente de ser lavada."

Se não usa roupa interior, precisa de lavar as calças antes de as voltar a usar, uma vez que entraram em contacto com a sua pele dos genitais, sublinhou.

Se normalmente toma banho antes de dormir, usa roupa interior e transpira pouco ou nada quando usa pijama, pode usá-lo durante uma semana sem se lavar, dizem os especialistas. Mas se não for este o caso, precisa de o lavar sempre.

O vestuário exterior - como casacos - normalmente não precisa de ser lavado mais de uma vez por mês, uma vez que não tocam na pele, indicou Rossi. "Mas se estiver a usá-lo todos os dias, provavelmente será melhor lavá-lo a cada duas semanas", sugeriu.

Já com que frequência deve lavar as calças de ganga pode ser um assunto polémico, uma vez que muitas pessoas querem manter a integridade do tecido, que normalmente é mais rígido e durável. Se os jeans não estiverem transpirados, sujos ou manchados, não têm de ser lavados com frequência. "Pessoalmente, não lavo as minhas calças de ganga", assumiu Rossi.

Já Mohammed recomendou lavar as calças de ganga mensalmente, mas reconheceu que depende do estilo de vida de cada um e do ambiente.

"Se alguém me dissesse que estava a usar as suas calças de ganga durante meses a fio e que não as lavava e não tinha tido quaisquer problemas com a pele ou problemas de odor, não veria qualquer problema nisso", reconheceu Fenton.

As questões mais importantes que deve colocar a si mesmo, dizem os especialistas, ao considerar se deve voltar a usar algo sem lavar são as seguintes: será que cheira mal? Tenho algum problema de pele, como eczema, erupção cutânea ou lesão de pele? Está visivelmente sujo? Está transpirado? Usei roupa interior com isto?.

"O ponto principal é que a resposta vai ser muito variável", disse Fenton.

Continue a ler esta notícia

Relacionados