Lisa Marie Presley, a única filha do cantor e ator Elvis Presley, morreu aos 54 anos, poucas horas depois de ter sido hospitalizada devido a uma paragem cardiorrespiratória, disse a mãe da também cantora.

“É com o coração pesado que tenho de partilhar a notícia devastadora que a minha linda filha Lisa Marie nos deixou”, disse Priscilla Presley, na quinta-feira.

“Ela era a mulher mais apaixonada, forte e amorosa que já conheci”, acrescentou, em comunicado.

Lisa Marie Presley teve de ser reanimada na casa em Calabasas, na Califórnia, por paramédicos, dois dias depois de ter assistido aos Globos de Ouro, adiantou a imprensa norte-americana.

Os profissionais de socorro pré-hospitalar realizaram reanimação cardiorrespiratória e conseguiram recuperar o pulso de Presley antes de a transportar para um hospital de Los Angeles, indicou o TMZ, portal especializado em entretenimento norte-americano, adiantando que Presley tinha sido colocada em coma artificial, com suporte de vida.

Na terça-feira, Lisa Marie Presley tinha estado com Priscilla e a equipa do filme “Elvis”, no The Beverly Hilton (Beverly Hills), na 80.ª gala dos Globos de Ouro, que distinguiu os melhores profissionais e produções de cinema e televisão de 2022.

O ator Austin Butler foi um dos vencedores da noite pelo papel de Elvis Presley no filme realizado por Baz Luhrmann.

Lisa Marie Presley era mãe de quatro filhos, incluindo a atriz e cineasta norte-americana Riley Keough. Em 2020, o filho Benjamin Keough suicidou-se, aos 27 anos, e em julho, Lisa assinalou a data da morte do filho no Instagram, publicando uma foto da tatuagem que tinha feito a combinar com o filho.

Foi casada quatro vezes, incluindo com o já falecido cantor Michael Jackson (ao lado de quem participou no videoclip da música You Are Not Alone) e com o ator Nicholas Cage.

Presley seguiu os passos do pai e em 2003 lançou o primeiro álbum, "To Whom it May Concern", seguido por mais dois álbuns, o último dos quais em 2012.

Lisa Marie Presley era a única herdeira de Elvis e controlou o legado do pai até 2005, altura em que vendeu uma participação minoritária no controlo da propriedade intelectual de Elvis a uma empresa de investimento.

Lisa Marie Presley manteve o controlo da famosa propriedade do pai, Graceland, na cidade de Memphis, estado de Tennessee, no sul dos Estados Unidos.

/ AM