Matou sete bebés, tentou matar outros seis: enfermeira Lucy Letby condenada - TVI

Matou sete bebés, tentou matar outros seis: enfermeira Lucy Letby condenada

  • CNN Portugal
  • AM
  • 18 ago 2023, 13:56

É considerada a pior assassina em série de crianças da história britânica moderna

A enfermeira Lucy Letby, de 33 anos, foi condenada esta sexta-feira no Reino Unido pela morte de sete bebés e por ter  tentado matar mais seis no hospital de Chester, no noroeste de Inglaterra, entre 2015 e 2016. Segundo o The Guardian, o tribunal de Manchester considerou-a culpada dos crimes, tendo-a condenado pelo "assassínio "persistente, calculado e a sangue frio" dos bebés prematuros.

O juri dividiu-se sobre outra acusação, na qual é atribuída à enfermeira a tentativa de matar outros quatros bebés além das seis tentativas de morte pelas quais foi condenada. Por outro lado, o juri ilibou-a da tentativa de morte de outros dois bebés.

A sentença vai ser conhecida segunda-feira, sendo que a enfermeira neonatal pode vir a ser condenada a prisão perpétua, não podendo ser libertada. Entre as vítimas estavam dois irmãos trigémeos idênticos, mortos com menos de 24 horas de diferença, um recém-nascido com menos de 1 quilo, que foi mortalmente injetado com ar, e uma menina nascida 10 semanas antes do tempo, que foi assassinada à quarta tentativa.

Segundo o jornal, Lebty é considerada a pior assassina em série de crianças da história moderna do Reino Unido.

Os pais das crianças estiveram presentes ao longo dos vários dias de julgamento - que durou mais de 100 horas ao longo de 20 dias e mais de quatro semanas - , assim como a mãe da enfermeira, que chegou a chorar e a dizer que não acreditava no que ouvia no tribunal. "Não podem estar a falar a sério. Isto não pode estar certo".

A enfermeira, que tinha cerca de 20 anos quando cometeu os crimes, pode ser a terceira mulher viva a ser condenada a uma pena de prisão perpétua.

Continue a ler esta notícia