Soa a despedida? O discurso emocionado de Abel Ferreira no balneário - TVI

Soa a despedida? O discurso emocionado de Abel Ferreira no balneário

O discurso de Abel no balneário (vídeo/youtube)

Treinador do Palmeiras não quis despedir-se dos jogadores e salientou o sentimento de «gratidão»

Relacionados

Abel Ferreira voltou a sentar-se no topo do futebol brasileiro, depois de conquistar o Brasileirão pela segunda época consecutiva. Ainda assim, os festejos do Palmeiras ficaram marcados pela dúvida quanto à continuidade do treinador português na equipa, devido ao interesse do Al Sadd, do Qatar.

No balneário, Abel teve um discurso sentido perante os jogadores e não quis despedir-se de nenhum deles.

«Nunca nos meus melhores sonhos eu imaginei que iríamos formar um grupo de trabalho com muito mais que futebol. Muito mais. Não sei qual é o legado que vamos deixar. Só daqui a 15 anos vamos saber. Mas vocês nasceram para fazer história neste clube. Eu não me vou despedir de ninguém, porque não tenho de me despedir de ninguém. Estou muito grato», começou por dizer o treinador português.

«Deus guiou-me e trouxe-me para este lado do Atlântico e meteu-me no clube certo, com as pessoas certas, na hora certa. Só tenho palavras de gratidão para cada um, dos que jogaram mais, aos que jogaram menos. Não consigo descrever por palavras o que construímos aqui. Não se vê, sente-se», acrescentou, antes de abrir uma garrafa de champanhe em euforia.

Abel Ferreira, de 44 anos, está desde 2020 no Palmeiras: conquistou dois campeonatos brasileiros, duas Libertadores, uma Taça do Brasil, uma Supertaça do Brasil, uma Recopa e dois Campeonatos Paulista.

Continue a ler esta notícia

Relacionados