Euro 2020: Sterling 'apanha' Seferovic nos melhores marcadores - TVI

Euro 2020: Sterling 'apanha' Seferovic nos melhores marcadores

Inglaterra-Alemanha

Avançado inglês igualou o suíço, do Benfica e Lukaku, numa lista que continua a ser liderada por Ronaldo

Relacionados

Raheem Sterling, que abriu a vitória da Inglaterra sobre a Alemanha que valeu o apuramento para os quartos de final, chegou ao terceiro golo no Euro2020, apanhando Seferovic e Lukaku, além de outros jogadores que se despediram da competição com três golos.

Quem também adicionou o seu nome ao dos marcadores foi Harry Kane, que se estreou a marcar no Europeu.

A lista, que pode consultar abaixo, continua a ser liderada por Cristiano Ronaldo, que marcou por cinco vezes.

Lista dos melhores marcadores

Cinco golos:

Cristiano Ronaldo (Portugal)

Quatro golos:

Patrik Schick (República Checa)

Karim Benzema (França)

Três golos:

Raheem Sterling (Inglaterra)

Romelu Lukaku (Bélgica)

Georginio Wijnaldum (Países Baixos)

Emil Forsberg (Suécia)

Haris Seferovic (Suíça)

Robert Lewandowski (Polónia)

Dois golos:

Kai Havertz (Alemanha)

Ivan Perisic (Croácia)

Kasper Dolberg (Dinamarca)

Joakim Maehle (Dinamarca)

Álvaro Morata (Espanha) 

Ferrán Torres (Espanha)

Pablo Sarabia (Espanha)

Ciro Immobile (Itália)

Matteo Pessina (Itália)

Manuel Locatelli (Itália)

Denzel Dumfries (Países Baixos)

Xherdan Shaqiri (Suíça)

Andriy Yarmolenko (Ucrânia)

Roman Yaremchuk (Ucrânia)

Memphis Depay (Países Baixos)

Yussuf Poulsen (Dinamarca)

Thorgan Hazard (Bélgica)

Um golo:

Harry Kane (Inglaterra)

Robin Gosens (Alemanha)

Goretzka (Alemanha)

Sasa Kalajdzic (Áustria)

Marko Arnautović (Áustria)

Michael Gregoritsch (Áustria)

Stefan Lainer (Áustria)

Thomas Meunier (Bélgica)

Kevin De Bruyne (Bélgica)

César Azpilicueta (Espanha)

Mikel Oyarzabal (Espanha)

Mario Pasalic (Croácia)

Mislav Orsic (Croácia)

Nikola Vlasic (Croácia)

Luka Modric (Croácia)

Martin Braithwaite (Dinamarca)

Callum McGregor (Escócia)

Milan Skriniar (Eslováquia)

Aymeric Laporte (Espanha)

Joel Pohjanpalo (Finlândia)

Antoine Griezmann (França)

Paul Pogba (França)

Attila Fiola (Hungria)

Schäfer (Hungria)

Ádám Szalai (Hungria)

Lorenzo Insigne (Itália)

Federico Chiesa (Itália)

Goran Pandev (Macedónia do Norte)

Ezgjan Alioski (Macedónia do Norte)

Aaron Ramsey (País de Gales)

Connor Roberts (País de Gales)

Kieffer Moore (País de Gales)

Wout Weghorst (Países Baixos)

Karol Linetty (Polónia)

Christoph Baumgartner (Áustria)

Raphaël Guerreiro (Portugal)

Diogo Jota (Portugal)

Aleksei Miranchuk (Rússia)

Breel Embolo (Suíça)

Mario Gavranovic (Suíça)

Viktor Claesson (Suécia)

Irfan Kahveci (Turquia)

Mikkel Damsgaard (Dinamarca)

Andreas Christensen (Dinamarca)

Artem Dzyuba (Rússia)

Tomás Holes (Rep. Checa)

Autogolos

Demiral (Turquia) 

Hummels (Alemanha)

Rúben Dias (Portugal)

Raphael Guerreiro (Portugal)

Hradecky (Finlândia)

Szczesny (Polónia)

Dubravaka (Eslováquia)

Kucka (Eslováquia)

Unai Simón (Espanha)

Continue a ler esta notícia

Relacionados