Marcelo recorda contributo dos ciganos na construção do país e pede combate às discriminações - TVI

Marcelo recorda contributo dos ciganos na construção do país e pede combate às discriminações

  • Agência Lusa
  • DCT
  • 24 jun, 07:23
Marcelo Rebelo de Sousa à chegada à cimeira pela paz na Ucrânia, na Suíça (LUSA)

Apesar deste “tão antigo relacionamento”, segundo Marcelo Rebelo de Sousa, “prevalecem situações de discriminação, falta de representação e dificuldades de integração que urge combater, nomeadamente nas áreas da habitação e do trabalho”

O Presidente da República assinala esta segunda-feira o Dia Nacional do Cigano recordando o seu contributo para a construção de Portugal e apelou ao combate urgente das situações de “discriminação, falta de representação e dificuldades de integração” que se mantêm.

“Neste Dia Nacional do Cigano, o Presidente da República reafirma que os ciganos são portugueses, recordando o seu contributo para a construção do nosso país, onde se instalaram e vivem há mais de cinco séculos”, pode ler-se numa publicação no sítio oficial da Presidência da República.

Apesar deste “tão antigo relacionamento”, segundo Marcelo Rebelo de Sousa, “prevalecem situações de discriminação, falta de representação e dificuldades de integração que urge combater, nomeadamente nas áreas da habitação e do trabalho”.

“Para isso, será igualmente importante continuar a mobilizar a sociedade civil e os decisores políticos para a efetiva execução de políticas públicas que mitiguem os efeitos da pobreza e da exclusão, como previsto pela Estratégia Nacional para Integração das Comunidades Ciganas”, apelou.

O chefe de Estado refere ainda que se associa de novo à evocação do 5.º centenário da perseguição aos portugueses ciganos, iniciativa que irá decorrer em 2025-2026 e que conta com o seu Alto Patrocínio.

Continue a ler esta notícia