Marcelo fala hoje ao país às 20:00 - TVI

Marcelo fala hoje ao país às 20:00

  • Paulo Magalhães
  • 4 mai 2023, 12:25
Marcelo Rebelo de Sousa (RODRIGO ANTUNES/LUSA)

O líder do PSD tinha dito que Marcelo ia falar ao país e aí está: o Presidente marcou hora, é esta noite

Relacionados

O Presidente da República vai fazer uma declaração ao país esta quinta-feira, às 20:00, no Palácio de Belém. É a primeira declaração oficial de Marcelo Rebelo de Sousa após a recusa do primeiro-ministro em demitir o ministro das Infraestruturas, num caso que está a provocar grande tensão entre Belém e São Bento.

O chefe de Estado vai falar antes da deslocação a Londres para a coroação de Carlos III, confirmando o que o PSD tinha avançado esta quarta-feira, quando Luís Montenegro avisou que Marcelo ia falar ao país. Poucas horas depois desse anúncio do líder social-democrata, foi o próprio Presidente que confirmou que ira fazê-lo - mas sem dizer quando.

João Galamba apresentou a demissão do Ministério das Infraestruturas na terça-feira, horas depois de ter estado reunido com o primeiro-ministro. Minutos após o comunicado do ministro, António Costa anunciou que recusava o pedido de demissão, admitindo que podia estar a ir contra a opinião da maioria dos portugueses.

Nesse mesmo dia, e ainda antes de António Costa terminar o seu discurso, Marcelo Rebelo de Sousa manifestou discordância em relação a essa decisão, afirmando através de uma nota escrita que "discorda da posição deste quanto à leitura política dos factos e quanto à perceção deles resultante por parte dos portugueses no que respeita ao prestígio das instituições que os regem" e realçando que "não pode exonerar um membro do Governo sem ser por proposta do primeiro-ministro".

De resto, as posições do Presidente da República e do primeiro-ministro foram tomadas após quase duas horas de reunião entre os dois, num encontro em que António Costa não informou Marcelo Rebelo de Sousa sobre o que iria fazer. A decisão de não aceitar a demissão foi comunicada a Marcelo Rebelo de Sousa por telefone.

Continue a ler esta notícia

Relacionados