"Peça desculpas. O sexismo dá cabo de nós. Não tem piada". Já há políticos a reagir ao polémico comentário de Marcelo - TVI

"Peça desculpas. O sexismo dá cabo de nós. Não tem piada". Já há políticos a reagir ao polémico comentário de Marcelo

  • CNN Portugal
  • SM
  • 16 set 2023, 21:50
Marcelo Rebelo de Sousa (Nuno Veiga/Lusa)

Isabel Moreira e André Ventura utilizaram as redes sociais para criticar o comentário feito pelo Presidente da República sobre o decote de uma jovem no Canadá.

Depois do peso, surge outro alvo na mira de Marcelo: o decote. O Presidente da República voltou a ser o centro das atenções devido a um comentário, e desta vez foi em Toronto, durante a sua visita oficial ao Canadá.

Enquanto circulava, esta sexta-feira, por um dos bairros com maior presença da comunidade portuguesa, foi abordado por uma mulher, que rapidamente puxou a filha para perto de si. “A filha é mais bonita do que a mãe. Ainda apanha uma gripe! Já viu bem o decote?”, ouve-se o chefe de Estado dizer, de dedo erguido, antes de prosseguir o seu trajeto.

A polémica troca de palavras foi captada pelas câmaras de televisão e já se tornou viral nas redes sociais, com muitas críticas às palavras de Marcelo. Da esfera política, o presidente do Chega, André Ventura, e a secretária nacional do Partido Socialista, Isabel Moreira, manifestaram o seu desagrado através do X (antigo Twitter).

“A noção explica-se. Estamos em 2023. Não se trata uma mulher que não se conhece por tu fazendo uma “piada” sobre o seu peso. Não se faz uma “piada” sobre um decote”, escreve a deputada socialista numa publicação, exigindo que o Presidente da República “peça desculpas”. “O sexismo dá cabo de nós. Não tem piada”.

Minutos depois, Isabel Moreira partilha mais uma nota ao comentário de Marcelo, lembrando que “um PR não faz piadas sobre decotes”.

André Ventura, que também não ficou indiferente ao sucedido, recorreu ao seu habitual sarcasmo para criticar a inação em torno da atitude do Presidente: “Se fosse eu a comentar o decote de uma mulher em público já teríamos dezenas de queixas na ERC, no Ministério Público e em mais não sei quantas associações e observatórios de defesa da igualdade de género”.

Recorde-se que não é a primeira vez que Marcelo Rebelo de Sousa é alvo de duras críticas devido a semelhante situação. No fim de semana passado, no Alentejo, ofereceu uma cadeira a uma mulher para esta se sentar, perguntando: “A cadeira aguenta?”.

Continue a ler esta notícia