Rui Vitória aponta ao futuro: «Quero sentir o prazer de treinar» - TVI

Rui Vitória aponta ao futuro: «Quero sentir o prazer de treinar»

Rui Vitória, selecionador do Egito (AP)

Treinador recebeu convites e diz-se «aberto a vários contextos»

Relacionados

Rui Vitória abre as portas do futuro, mas dará o próximo passo apenas para rumar ao «contexto ideal». A garantia foi deixada esta terça-feira, à margem do 18.º Congresso Internacional de Futebol, da Universidade da Maia.

«Tem de ser algo que me entusiasme. Quero sentir o prazer de treinar. E isso não significa jogar pelo título, estou aberto a vários contextos», revelou.

Em todo o caso, o treinador garante ter recebido contactos de vários clubes. Depois de deixar o comando do Egipto, Rui Vitória esclarece que o «ideal» seria integrar um projeto em julho.

«A partir do momento em que saí de Portugal e trabalhei em vários continentes e contextos competitivos, sinto-me preparado para qualquer desafio», acrescentou.

Questionado sobre a seleção nacional e as expectativas para o Europeu deste verão, o técnico diz-se otimista.

«Portugal tem uma equipa fantástica. Temos um lote de jogadores e um conjunto de condições para se fazer um belíssimo trabalho», analisou.

Quanto à convocatória de Cristiano Ronaldo, Otávio e Rúben Neves, Rui Vitória, que orientou o Al Nassr entre 2018 e 2021, acredita que estes jogadores estarão alinhados com o ritmo dos restantes convocados.    

«Estamos a falar de grandíssimos jogadores. Essa questão não vai ter impacto. Quer na Arábia, quer em Inglaterra, são jogadores que têm vindo à seleção e com desempenhos muito bons», concluiu.

Continue a ler esta notícia

Relacionados