A estranha história de uma múmia masculina com 800 anos que se transformou na "namorada espiritual" de um peruano - TVI

A estranha história de uma múmia masculina com 800 anos que se transformou na "namorada espiritual" de um peruano

  • TVI
  • NM
  • 1 mar 2023, 17:40
Múmia encontrada na mala térmica de um estafeta (fonte: Ministério da Cultura do Peru)

É um caso insólito cujos contornos foram agora conhecidos

Relacionados

A polícia peruana descobriu uma múmia com mais de 45 anos na mala térmica de um estafeta. O homem foi abordado pelas autoridades por estar visivelmente alcoolizado num sítio arqueológico em Puno, juntamente com dois amigos.

O suspeito explicou que havia batizado o artefacto “Juanita”, que a considerava “uma espécie de namorada espiritual” e que guardava no quarto ao lado da televisão, mas quis mostrá-la aos amigas. O homem referiu que a múmia era do seu pai, sendo que não especificou como o progenitor a havia adquirido.

A mala era semelhante há que os estafetas de comida carregam em Portugal. (Imagem do Ministério da Cultura do Peru)

A BBC adianta que os especialistas que analisaram múmia estimam que o corpo tenha entre 600 e 800 anos e que pertenceu a um homem adulto e não a uma mulher, como o proprietário acreditava. De acordo com a análise, a múmia era de um homem que morreu com mais de 45 anos e que tinha 1,51 metros de altura.

O artefacto estava enrolado numa espécie de ligaduras e em posição fetal, como era comum nos enterros pré-hispânicos naquela região.

As autoridades apreenderam a múmia, que foi entregue ao Ministério da Cultura do Peru. O homem que transportava e os dois amigos com quem estava, de 23 e 26 anos, foram detidos e estão a ser investigados por possíveis crimes contra o património cultural do país.

Múmia estava coberta de uma espécie de ligaduras e em posição fetal. (Imagem do Ministério da Cultura do Peru)
Continue a ler esta notícia

Relacionados